O "site" oficial do futebol europeu

Sub-19 de Portugal em busca de um título inédito

Publicado: Quarta-feira, 1 de Março de 2017, 18.35CET
A selecção portuguesa ainda não tem o EURO Sub-19 no seu palmarés, mas a equipa orientada por Hélio Sousa tem qualidade para enfrentar a Ronda de Elite com optimismo, com os olhos postos na Geórgia.
Sub-19 de Portugal em busca de um título inédito
Hélio Sousa é o treinador de Portugal no escalão Sub-19 ©Sportsfile

Caminho até à final

O Campeonato da Europa de Sub-19 consiste em três fases distintas: a fase de qualificação, a Ronda de Elite e a fase final.

Fase de qualificação
A fase de qualificação, disputada no Outono, é composta por 13 grupos de quatro equipas, que jogam em mini-torneios num só local. As duas primeiras classificadas seguem em frente, a par de uma terceira posicionada com o melhor registo frente aos dois primeiros do respectivo agrupamento.

Ronda de Elite
Na Ronda de Elite, disputada no início da Primavera, essas 27 equipas qualificadas juntam-se aos cabeças-de-série em sete mini-torneios compostos por quatro selecções. Os vencedores dos grupos juntam-se então aos anfitriões na fase final.

Fase final
As sete equipas apuradas e a anfitriã são divididas em dois agrupamentos de quatro formações jogando umas contras as outras. Passam às meias-finais as duas primeiras classificadas e as vencedoras destes confrontos disputam a final.

Mais detalhes, incluindo o critério de separação de equipas que terminem empatadas em pontos num grupo ou após o prolongamento num jogo, podem ser encontrados nos regulamentos oficiais da competição.

Publicado: Quarta-feira, 1 de Março de 2017, 18.35CET

Sub-19 de Portugal em busca de um título inédito

A selecção portuguesa ainda não tem o EURO Sub-19 no seu palmarés, mas a equipa orientada por Hélio Sousa tem qualidade para enfrentar a Ronda de Elite com optimismo, com os olhos postos na Geórgia.

Portugal disputa entre 23 e 28 de Março, em Paços de Ferreira e Barcelos, na qualidade de anfitrião, a Ronda de Elite de apuramento para o Campeonato do Europa Sub-19 da UEFA, que em 2017 disputa-se na Geórgia – entre 2 e 15 de Julho. A formação lusa disputa o Grupo 4, com jogos marcados com a Croácia (23 de Março, Paços de Ferreira), Turquia (25 de Março, Paços de Ferreira) e Polónia (28 de Março, Barcelos).

Os dois primeiros classificados de cada grupo da Ronda de Elite, no total de sete agrupamentos, juntam-se à Geórgia na fase final, e Portugal vai tentar atingir mais uma vez o torneio decisivo de uma competição que nunca ganhou. Aliás, a selecção das “quinas” soma sim dois títulos, mas quando a prova era ainda de Sub-18, conquistados em 1993/94 e 1998/99. No último ano, na fase final realizada na Alemanha, a turma lusa era tida como uma das favoritas, graças a um punhado de excelentes exibições que lhe garantiram o primeiro lugar no Grupo A, à frente de Itália, da própria Alemanha e da Áustria. Contudo, os comandados de Emílio Peixe cairiam nas meias-finais, perante a França, por 3-1, apesar de terem estado a vencer.

A derrota de Portugal com a França nas meias-finais, em 2016

Agora, mais uma oportunidade surge para Portugal no escalão Sub-19. Mas para tal há que ultrapassar esta ronda de elite. O factor-casa pode pesar a favor da equipa lusa, que desta feita é orientada por Hélio Sousa, o homem que levou os Sub-17 ao título europeu em 2016. Para já, na preparação para a Ronda de elite, Portugal participou em Fevereiro no Torneio Internacional de La Manga e conquistou-o pela oitava vez no seu historial, graças a um triunfo por 1-0 sobre a Noruega, no último jogo. “Tivemos a oportunidade de dar esta competição aos nossos jogadores antes da Ronda de Elite e saímos daqui todos mais valorizados”, afirmou Hélio Sousa ao “site” da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), reforçando a ideia da importância da preparação.

“Felizmente baralhou-me as contas para a convocatória da Ronda de Elite. Estou muito agradado com essa complicação porque, tanto os que estiveram aqui como os que não vieram, são jogadores com qualidade e capacidade para representar Portugal e para vencer os próximos jogos que vamos disputar.”

A confiança é, portanto, um dos pontos fortes desta equipa portuguesa, algo reforçado por uma das estrelas da equipa ao “site” da FPF, Miguel Luís, que marcou o golo à Noruega. “Este torneio foi muito importante para a preparação da Ronda de Elite do EURO 2017. Todos os jogadores que estão aqui, e outros que não vieram, lutam por um lugar na Ronda de Elite.”

De facto não faltam soluções para Hélio Sousa atacar esta próxima fase da prova. Miguel Luís, autor de dois golos na fase de qualificação (e o português com mais remates à baliza, seis), é um deles, mas há outros que dão garantias. O guarda-redes Diogo Costa é um dos nomes que transitam da equipa do ano passado, tal como o lateral Diogo Dalot, e um dos que poderá dar que falar nesta caminhada lusa é o avançado do Sporting CP, Pedro Marques, pela sua capacidade de explosão e velocidade.

Última actualização: 01-03-17 19.06CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/under19/news/newsid=2445685.html#sub+portugal+busca+titulo+inedito