O "site" oficial do futebol europeu

2016: Jean-Kévin Augustin

Publicado: Quarta-feira, 27 de Julho de 2016, 16.05CET
Com seis golos marcados, incluindo um "hat-trick contra a Holanda e um fantástico lance individual na final, Jean-Kévin Augustin igualou o recorde da prova e guiou a França ao terceiro título.
por Andrew Haslam
de Heidelberg
2016: Jean-Kévin Augustin
O francês Jean-Kévin Augustin com o troféu de melhor marcador ©Sportsfile
Publicado: Quarta-feira, 27 de Julho de 2016, 16.05CET

2016: Jean-Kévin Augustin

Com seis golos marcados, incluindo um "hat-trick contra a Holanda e um fantástico lance individual na final, Jean-Kévin Augustin igualou o recorde da prova e guiou a França ao terceiro título.

Jean-Kévin Augustin juntou-se a nomes ilustres depois de terminado o Campeonato da Europa de Sub-19 da UEFA de 2016, com os seus seis golos na Alemanha a permitirem-lhe igualar o recorde de golos em fases finais detido por Álvaro Morata (2011) e Davie Selke (2014).

O avançado do Paris Saint-Germain chegou à fase final depois de ter marcado por cinco vezes na fase de qualificação, incluindo um "hat-trick" contra Gibraltar, mas na ronda de elite tinha ficado em branco nos três jogos, embora tenha feito, aí, as assistências para os golos que valeram os triunfos frente a Montenegro e Sérvia.

Cinco golos na caminhada do Paris rumo à final da UEFA Youth League atestavam, também, as qualidades de Augustin à entrada para o Europeu e o próprio jogador revelou a sua principal característica. "O meu jogo baseia-se na minha capacidade de explosão", explicou. "Entre as sessões de treino no relvado faço trabalho de ginásio com pesos. Tenho evoluído na finalização, mas ainda tenho muito para aprender. Treinar diariamente com grandes estrelas ajuda ao sucesso. Os meus colegas mais experientes fazem questão de me dizer que devo pensar em acertar na baliza antes de pensar em rematar forte."

©Sportsfile

A França não começou a fase final da melhor forma, sofrendo dois golos nos primeiros nove minutos do seu jogo de estreia no Grupo B, frente à Inglaterra, e não conseguiu dar a volta ao marcador apesar de Augustin ainda ter reduzido a desvantagem à passagem da meia hora. O avançado voltou a marcar na jornada seguinte, no triunfo por 2-0 sobre a Croácia, antes de brilhar a grande altura contra a Holanda.

Com três golos, Augustin ajudou a França a vencer por 5-1 e a selar a passagem às meias-finais. Contudo, fez questão de desvalorizar o seu contributo. "Os golos são importantes para um avançado porque dão confiança, mas o futebol é um desporto colectivo", frisou. "Se surjo na posição certa para finalizar é graças ao trabalho de toda a equipa."

Esse espírito colectivo ficou bem patente no triunfo das meias-finais sobre Portugal que ditou um embate com Itália na final, na Rhein-Neckar-Arena, em Sinsheim, habitual casa do Hoffenheim. Augustin tinha dito que a França "queria algo de grandioso" no torneio e, logo à passagem do minuto seis da final, fez jus às suas palavras ao fintar três adversários e ladear o guarda-redes Alex Meret para um soberbo golo.

Abriu, assim, caminho ao triunfo por 4-0 da França, registo que constitui um recorde em finais da prova. A selecção gaulesa sagrou-se, pois, campeã europeia de sub-19 pela terceira vez e o seleccionador Ludovic Batelli não poupou elogios a Augustin: "Ele mostrou aqui todo o seu talento. Terá, certamente, aprendido muito com este torneio e ofereceu muito à equipa. Agora é campeão europeu e vai regressar a casa com um grande sorriso no seu rosto."

Última actualização: 27-07-16 22.31CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/under19/history/season=2016/goldenplayer/index.html#2016+jean+kevin+augustin