O "site" oficial do futebol europeu

2013: Aleksandar Mitrović

Publicado: Quinta-feira, 8 de Agosto de 2013, 4.04CET
Apontado, à partida para o torneio, como a principal figura da selecção sérvia, o avançado Aleksandar Mitrović correspondeu às expectativas e foi determinante na caminhada dos Sub-19 sérvios rumo ao título.
por Paul Bryan
2013: Aleksandar Mitrović
Aleksandar Mitrović faz a festa depois de assinar o segundo golo da Sérvia frente à Turquia ©Sportsfile
Publicado: Quinta-feira, 8 de Agosto de 2013, 4.04CET

2013: Aleksandar Mitrović

Apontado, à partida para o torneio, como a principal figura da selecção sérvia, o avançado Aleksandar Mitrović correspondeu às expectativas e foi determinante na caminhada dos Sub-19 sérvios rumo ao título.

Apresentando velocidade, força, maturidade e inteligência ofensiva, o avançado Aleksandar Mitrović resumiu em si na perfeição tudo o que de bom demonstrou a Sérvia, vencedora do Campeonato da Europa de Sub-19 de 2013.

Com apenas 18 anos de idade e já 1,89 metros de altura, a reputação de Mitrović à entrada para a 12ª edição do Campeonato da Europa de Sub-19, na Lituânia, correspondia já à sua envergadura física. Depois de ter tido direito a uma breve aparição na fase final da edição de 2012, na Estónia, o atacante do FK Partizan afirmou ainda mais o seu estatuto de enorme promessa com uma temporada notável ao serviço de clube e selecção.

Assinou dez golos naquela que foi a sua época de estreia na Liga sérvia com a camisola de um Partizan que se viria a sagrar-se campeão e contribuiu ainda com um golo em cinco jogos na fase de grupos da UEFA Europa League, antes de se estrear pela selecção principal da Sérvia na derrota frente à Bélgica, em Junho, num jogo da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.

Assumiu, depois, papel preponderante numa selecção de Sub-19 da Sérvia que nos últimos quatro anos se tinha visto derrotada por duas vezes nas meias-finais. Agora orientados por Ljubinko Drulović, porém, os sérvios começaram com o pé direito a sua caminhada rumo ao título, com um triunfo sobre a Turquia, finalista vencida em 2004, e com Mitrović em plano de evidência, ao corresponder da melhor forma a um cruzamento de Andrija Luković, aos 54 minutos, aumentando para 2-0 a vantagem da sua equipa. Um golo que se revelou decisivo, dado que a Turquia, num esforço final, ainda conseguiu marcar.

Estreante em fases finais da prova, a Geórgia foi a vítima seguinte. Mitrović voltou a mostrar uma determinação sem limites e foi novamente determinante ao assistir de forma perfeita, a 16 minutos do apito final, Dejan Meleg para o único golo da partida. A Sérvia tornava-se, assim, na primeira selecção a carimbar o passaporte para as meias-finais.

Com o apuramento assegurado, Mitrović foi poupado no empate 1-1 com a França, que encerrou o Grupo B, mas voltou ao "onze" para uma meia-final épica frente a Portugal, em Alytus. Uroš Djurdjević inaugurou o marcador para os sérvios logo nos minutos iniciais, mas a selecção lusa, orientada por Emílio Peixe, reagiu bem e deu a volta ao marcador. Um golo de Mijat Gačinović ao cair do pano, contudo, levou a decisão do encontro para um prolongamento no qual o resultado não sofreu alterações. No desempate por penalties, as defesas do guarda-redes Predrag Rajković ofereceram a Mitrović a possibilidade de converter a grande penalidade decisiva. Este não perdoou, abrindo caminho à festa de colegas e equipa técnica.

"Deixámos o nosso corpo e a nossa alma em campo", afirmou o avançado ao UEFA.com após o embate com Portugal. "Todo o trabalho que desenvolvemos na preparação deste torneio foi recompensado. Entrámos para a história do futebol sérvio."

Entre os pupilos de Drulović e mais uma "página gloriosa" nos anais do futebol sérvio estava, agora, o reencontro com a França, que tinha batido a Espanha na outra meia-final. Num jogo muito táctico, em Marijampole, o momento decisivo surgiu dos pés de Andrija Luković, que aproveitou da melhor forma mais uma assistência de Mitrović para assinar o golo da vitória.

"Ainda nem temos muito bem a noção daquilo que alcançámos", referiu, no final do encontro, Mitrović, que trocou o Partizan pelo RSC Anderlecht pouco depois da conclusão do Europeu de Sub-19. "Sabia que todos olhavam para mim como um líder, mas não deixei que isso me afectasse. Tentei, simplesmente, dar o meu melhor pela equipa, que era o mais importante."

Última actualização: 05-09-13 21.16CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/under19/history/season=2013/goldenplayer/index.html#2013+aleksandar+mitrovic