O "site" oficial do futebol europeu

2008: Lars e Sven Bender

Publicado: Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009, 19.37CET
A Alemanha partiu para o Europeu de Sub-19 de 2007/08 sem troféus conquistados nos escalões jovens desde 1992, mas, com a ajuda dos gémeos Lars e Sven Bender, corrigiu em grande estilo essa situação.
2008: Lars e Sven Bender
Lars e Sven Bender erguem o troféu dos Sub-19 ©Sportsfile
Publicado: Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009, 19.37CET

2008: Lars e Sven Bender

A Alemanha partiu para o Europeu de Sub-19 de 2007/08 sem troféus conquistados nos escalões jovens desde 1992, mas, com a ajuda dos gémeos Lars e Sven Bender, corrigiu em grande estilo essa situação.

Embora a Alemanha tenha sido, desde sempre, uma das grandes potências do futebol europeu, partiu para o Campeonato da Europa de Sub-19 de 2007/08 sem qualquer troféu conquistado nos escalões jovens desde 1992. Cinco jogos e outras tantas vitórias depois, tudo mudou, e em grande estilo, com dois irmãos gémeos, Lars e Sven Bender, no centro do sucesso germânico.

Nascidos na cidade bávara de Rosenheim, a 27 de Abril de 1989, os gémeos Bender foram o pulmão do meio campo da Alemanha e, se para alguns observadores possa ter sido estranho ver dois jogadores tão similares, para os dois irmãos tal não constitui novidade. "Conhecemos já essa sensação do Campeonato da Europa de Sub-17 [de 2006] e também dos nossos clubes, especialmente do 1860 München - jogamos juntos desde que lá chegámos", explicou Sven ao UEFA.com. O irmão, Lars, desenvolveu: "Sempre jogámos na mesma equipa. Nunca se levantou a questão de actuarmos em formações diferentes, embora não se possa prever o que o futuro nos aguarda".

Os dois são virtualmente idênticos, e distingui-los é ainda mais complicado pelo facto de ambos actuarem no centro do meio-campo, com estilos de jogo semelhantes, embora façam questão de salientar que possuem também características diferentes. "Existem pequenas diferenças entre nós como jogadores, que talvez não sejam, de imediato, óbvias para quem nos observa", admitiu Lars. "Mas a verdade é que temos essas diferenças, embora encaixemos muito bem juntos. Eu sou um pouco mais ofensivo que o Sven, que tem um estilo algo mais defensivo, apesar de sermos muito semelhantes. Afinal de contas, jogamos na mesma posição".

Os gémeos partiram para a fase final do Europeu de Sub-19, na República Checa, depois de os dois terem entrado para a equipa principal do TSV 1860 München em 2007/08, com Lars a disputar 28 encontros na segunda divisão alemã ao longo dessa temporada, mais um do que o irmão Sven. Este último esteve, depois, presente em todas as partidas da fase final, tendo Lars falhado o primeiro jogo, frente à Espanha, devido a castigo, brilhando nos encontros seguintes, ao apontar um golo frente à Bulgária e ao abrir caminho à vitória por 3-1 sobre a Itália, na final, triunfo que Sven descreveu como "um autêntico sonho".

Embora reconhecendo que serem referenciados em conjunto, como gémeos, possa ocasionalmente originar problemas - com Sven a salientar: "Não somos levados em conta individualmente, ninguém fala só de Lars Bender ou só de Sven Bender, falam sempre 'nos Bender'" - tal atenção tem, igualmente, elementos positivos. "De certa forma, isto torna-nos mais fortes, porque aprendemos que um de nós pode sempre ajudar o outro a melhorar e subir o seu nível", acrescentou Sven. E ambos estiveram, sem dúvida, em grande nível na fase final do Europeu de Sub-19, fazendo as delícias de todos os adeptos alemães.

Última actualização: 06-06-11 19.59CET

http://pt.uefa.com/under19/history/season=2008/goldenplayer/index.html#2008+lars+sven+bender