O "site" oficial do futebol europeu

2007: Sotiris Ninis

Publicado: Terça-feira, 1 de Abril de 2008, 4.59CET
Sotiris Ninis sofreu a desilusão de sair derrotado na final da primeira participação no Europeu de Sub-19, mas a edição de 2007, disputada na Áustria, só veio confirmar o bom início da promissora carreira.
2007: Sotiris Ninis
O grego Sotiris Ninis causou sensação no Europeu de Sub-19 de 2007 ©Sportsfile
Publicado: Terça-feira, 1 de Abril de 2008, 4.59CET

2007: Sotiris Ninis

Sotiris Ninis sofreu a desilusão de sair derrotado na final da primeira participação no Europeu de Sub-19, mas a edição de 2007, disputada na Áustria, só veio confirmar o bom início da promissora carreira.

Sotiris Ninis sofreu a desilusão de sair derrotado na final da primeira participação no Campeonato da Europa de Sub-19, mas a edição de 2007, disputada na Áustria, só veio confirmar o bom início da promissora carreira.

Ninis disputou a fase final com apenas 17 anos, o elemento mais jovem da selecção da Grécia, mas conseguiu mostrar maturidade invulgar e, com uma série de boas exibições no lado direito do meio-campo, ajudou a equipa de Nikolaos Nioplias a conseguir uma inesperada presença na final. O Europeu foi o ponto alto de uma época inesquecível para Ninis, que se estreara pelo Panathinaikos FC em Janeiro de 2007, com 16 anos. "Foi tudo muito repentino. Estou a viver um momento maravilhoso. Na primeira parte da época fui apanha-bolas, depois entrei na equipa e já participei em jogos da Taça UEFA, no campeonato e na final da Taça da Grécia", disse ao UEFA.com.

O jovem expressou todo o seu potencial na Áustria e alinhou nos três jogos da Grécia, segunda classificada no Grupo B atrás da Espanha. Ninis apontou o golo decisivo no encontro das meias-finais com a Alemanha, em que os gregos, reduzidos a dez jogadores, anularam duas desvantagens no marcador e venceram por 3-2 nos instantes finais. Os helénicos foram derrotados no jogo decisivo pela Espanha por 1-0, tendo o seu elemento mais criativo sido limitado por uma lesão que obrigou à sua substituição no início do segundo tempo. No entanto, nessa altura já Ninis tinha mostrado toda a sua qualidade. A segunda época no Panathinaikos revelou-se bem mais complicada, pois só foi titular num jogo do campeonato, mas terminou na obtenção da primeira internacionalização pela selecção principal, assinalada da melhor forma com um golo no encontro de preparação com Chipre e com a inclusão na lista provisória de convocados para a UEFA EURO 2008.

"Sei que as pessoas estão de olhos em mim e atentas à minha evolução, mas vou tentar que isso não me afecte", afirmou Ninis, que também integrou a selecção grega que disputou a fase final do Europeu de Sub-19 de 2007/08. "Tento ignorar esta popularidade. Isso não é impossível, depende de cada um. Eu consigo-o fazer sem qualquer dificuldade. Tem a ver com a personalidade de cada pessoa. Há cada vez mais jovens a jogar nas equipas principais dos respectivos clubes, o que é muito importante para o seu desenvolvimento. Estas oportunidades são fundamentais para os jogadores jovens, pois ajudam-nos a melhorar e contribuem para o desenvolvimento do futebol no nosso país. Os jovens só aprendem com a experiência e com os erros, e isso só beneficia a selecção pois estamos em melhores condições para jogar quando formos chamados".

Última actualização: 06-06-11 18.44CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/under19/history/season=2007/goldenplayer/index.html#2007+sotiris+ninis