O "site" oficial do futebol europeu

2006: Alberto Bueno

Publicado: Terça-feira, 1 de Abril de 2008, 4.58CET
Alberto Bueno repartiu os créditos goleadores de 2006 com o turco Ílhan Parlak, mas teve uma razão suplementar para festejar após a final com a Escócia, ao apontar os dois golos no triunfo da Espanha por 2-1.
2006: Alberto Bueno
Alberto Bueno (Spain) ©UEFA.com
Publicado: Terça-feira, 1 de Abril de 2008, 4.58CET

2006: Alberto Bueno

Alberto Bueno repartiu os créditos goleadores de 2006 com o turco Ílhan Parlak, mas teve uma razão suplementar para festejar após a final com a Escócia, ao apontar os dois golos no triunfo da Espanha por 2-1.

Alberto Bueno pode ter repartido os créditos de melhor marcador da fase final de 2006 com o turco Ílhan Parlak, mas o ponta-de-lança da Espanha teve uma razão suplementar para festejar após a final com a Escócia, realizada no Stadion Meijski, em Poznan, pois apontou os dois golos no triunfo dos espanhóis por 2-1.

O avançado do Real Madrid CF teve um começo lento na temporada de selecções de 2006/07, tendo entrado aos 85 minutos do encontro no qual a Espanha derrotou a Suécia por 4-0, o do arranque dos espanhóis na Ronda de Elite. No entanto, no jogo seguinte, frente ao Chipre, Bueno já foi titular e recompensou a aposta do treinador Ginés Meléndez com a obtenção de dois golos no triunfo, por 8-1, sobre a Suécia, acrescentando mais um na posterior vitória de por 3-1 frente à Alemanha, que qualificou a Espanha para a fase final como vencedora do Grupo 7.

Bueno manteve essa forma na fase final, realizada na Polónia, e coube-lhe abrir o activo nos primeiros dois jogos realizados pela Espanha no Grupo B: triunfo por 5-3 sobre a Turquia e vitória sobre a Escócia por 4-0. Com um lugar nas meias-finais assegurado, Bueno foi poupado no derradeiro jogo da Espanha na fase de grupos, um empate 1-1 com Portugal. No entanto, regressou à equipa e aos golos nas meias-finais, marcando o quinto e derradeiro golo numa concludente vitória sobre a Áustria, quando estavam decorridos 88 minutos. A coroa de glória, contudo, ainda estava para vir, pois foi ele a selar a conquista do terceiro título europeu da a Espanha de Sub-19 em cinco anos, ao abrir o activo aos 51 minutos da final com um excelente chapéu e apontar depois o golo do triunfo, a 19 minutos do fim, após passe de bandeja de Gérard Piqué.

"Sonhei com isto toda a vida", disse Bueno. "É muito importante para pessoas da nossa idade terem a oportunidade de jogar neste tipo de competições e estamos muito felizes por o termos ganho. Jogámos muito bem e é sempre bom marcar, mas tenho de agradecer aos meus companheiros por me terem proporcionado essas oportunidades. As pessoas pensam que o mais importante para um avançado é marcar, mas é mais importante ajudar a equipa de todas as formas possíveis e não apenas contribuindo com golos. Desta vez, os meus golos ajudaram a ganhar a final e, é claro, estou muito feliz porque realizei os meus sonhos".

Última actualização: 18-02-12 5.55CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/under19/history/season=2006/goldenplayer/index.html#2006+alberto+bueno