O "site" oficial do futebol europeu

2004: Juanfran

Publicado: Terça-feira, 1 de Abril de 2008, 4.55CET
Juanfran seguiu as pisadas dos compatriotas Raúl González, Iker Casillas e Fernando Torres e ajudou a Espanha a chegar a mais um título nos escalões jovens no Europeu de Sub-19 de 2004.
Publicado: Terça-feira, 1 de Abril de 2008, 4.55CET

2004: Juanfran

Juanfran seguiu as pisadas dos compatriotas Raúl González, Iker Casillas e Fernando Torres e ajudou a Espanha a chegar a mais um título nos escalões jovens no Europeu de Sub-19 de 2004.

A excelência e consistência da Espanha nas competições jovens da UEFA permitiu a vários jovens talentos do país experimentarem bem cedo o êxito a nível europeu. Jogadores como Raúl González, Iker Casillas e Fernando Torres haviam já brilhado a grande altura em anos anteriores e, no Campeonato da Europa de Sub-19 de 2004, que terminou com novo triunfo espanhol, foi a vez de Juanfran chegar ao estrelato.

O extremo não era, de todo, desconhecido, uma vez que impressionara na Taça Meridian de 2003 e tinha saltado do banco de suplentes da equipa principal do Real Madrid em dois encontros da UEFA Champions League, frente ao FC Bayern München e ao AS Monaco FC, antes do arranque da fase final do Europeu de Sub-19, que decorreu na Suíça. Mas numa selecção onde pontificavam nomes como Sergio Ramos e David Silva, foi aí que se afirmou em definitivo como enorme promessa, afigurando-se como ameaça permanente nos lances de ataque da sua equipa desde o primeiro jogo, em que Espanha derrotou a Alemanha por 3-0 e o primeiro golo, apontado por Víctor Casadesús, nascido de um livre apontado por Juanfran. Nova excelente exibição ajudou a selecção espanhola a bater a Turquia no segundo jogo, inaugurando o marcador no triunfo por 3-2 que confirmou, desde logo, a passagem às meias-finais.

Juanfran teve, assim, oportunidade de descansar na terceira jornada do Grupo B, mas regressou nas meias-finais, frente à Ucrânia, em Lausana. Contudo, foi substituído aos cinco minutos do segundo tempo, altura em que a Espanha vencia por 1-0 e, já de fora, viu a selecção comandada por Armando Ufarte sobreviver a um enorme susto e afastar os ucranianos ao vencer  4-1 no desempate por penalties, após igualdade a dois golos. Juanfran voltou ao seu estilo sempre efervescente na final, em Nyon, mas seria novamente substituído a 20 minutos do apito final, embora tenha depois participado efusivamente nos festejos do golo de Borja Valero, que deu o título a Espanha ao cair do pano.

"A Federação Espanhola de Futebol investe muito nas selecções jovens e é, em grande parte, graças a esse facto que alcançamos tanto êxito", destacou Juanfran, que depressa passou a ser presença habitual nos Sub-21. "E esse sucesso é muito importante para os nossos clubes e para o nosso país. E, claro, também é crucial para os jogadores; não se tem muitas oportunidades de viver experiências como esta". Graças ao enorme contributo de Juanfran, a Espanha agarrou essa oportunidade com as duas mãos em 2004.

Última actualização: 18-02-12 5.55CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/under19/history/season=2004/goldenplayer/index.html#2004+juanfran