O "site" oficial do futebol europeu

Jovem talento da semana do UEFA.com: Viktor Tsygankov

Publicado: Sábado, 22 de Outubro de 2016, 13.00CET
Comparado a Gareth Bale, as primeiras exibições de Viktor Tsygankov no Dínamo Kiev valeram-lhe elogios do treinador Serhiy Rebrov e do seleccionador da Ucrânia, Andriy Shevchenko.
por Igor Linnyk em Kiev
Jovem talento da semana do UEFA.com: Viktor Tsygankov
Viktor Tsygankov festeja após silenciar os adeptos em casa do Beşiktaş ©AFP/Getty Images

Caminho até à final

O Campeonato da Europa de Sub-17 compreende três fases distintas: a fase de qualificação, a Ronda de Elite e a fase final. O formato mudou para a prova de 2014/15 com o alargamento da fase final de oito para 16 equipas.

Fase de qualificação
A fase de qualificação, disputada no Outono, engloba 13 grupos de quatro equipas que jogam num mini-torneio no mesmo local. As duas primeiras selecções de cada grupo passam à fase seguinte, bem como as cinco equipas terceiras classificadas que tenham conseguido melhor registo frente às duas primeiras dos respectivos agrupamentos.

Ronda de Elite
Na Ronda de Elite, disputada no início da Primavera, essas 27 selecções, mais o cabeça-de-série, disputam oito mini-torneios de quatro equipas cada. Os vencedores de cada grupo e os sete melhores segundos classificados com melhor registo frente ao primeiro e terceiro do seu agrupamento apuram-se para a fase final e juntam-se ao anfitrião.

Fase final
Na fase final do torneio, os participantes são divididos em quatro grupos de quatro selecções cada. Apuram-se para a fase a eliminar as duas melhores classificadas de cada agrupamento.

Mais detalhes, incluindo o critério de separação de equipas que terminem empatadas em pontos num grupo, ou após 80 minutos num jogo, podem ser encontrados nos regulamentos oficiais da competição (em inglês).

Publicado: Sábado, 22 de Outubro de 2016, 13.00CET

Jovem talento da semana do UEFA.com: Viktor Tsygankov

Comparado a Gareth Bale, as primeiras exibições de Viktor Tsygankov no Dínamo Kiev valeram-lhe elogios do treinador Serhiy Rebrov e do seleccionador da Ucrânia, Andriy Shevchenko.

Três golos e uma assistência em seis jogos pelo Dínamo Kiev valeram ao extremo Viktor Tsygankov a chamada à selecção principal da Ucrânia, orientada por Andriy Shevchenko. Para isso também ajudou a participação do jovem de 18 anos na UEFA Champions League, prova na qual o clube é adversário do Benfica no Grupo B.

Nome: Viktor Tsygankov
Clube: Dínamo Kiev
Estreia: 14 de Agosto de 2016, frente ao Stal
Posição: Extremo
Nacionalidade: Ucraniana
Data de nascimento: 15 de Novembro de 1997
Pé preferido: Esquerdo
Altura: 1,77 metros

O que dizem dele
"Ele é o futuro do Dínamo. Não é coincidência ter-se estreado num jogo da Champions League, e aproveitou da melhor forma a oportunidade, com uma assistência frente ao Nápoles. Se aperfeiçoar o seu talento natural da forma certa, terá uma grande carreira".
Serhiy Rebrov, treinador do Dínamo Kiev

"Tsygankov estava pronto para a equipa principal na época passada. Tem a mesma qualidade que Andriy Shevchenko. É tão raro ver tamanha maturidade num jogador da sua idade. Jogadores como ele adoram futebol mais do que tudo, e isso vê-se em campo".
Ihor Surkis, presidente do Dínamo Kiev

"Viktor pensa em grande. Jogar não chega. Ele deseja ganhar".
Vitaliy Tsygankov, pai de Viktor e antigo jogador profissional

©Fedja Krvavac

Tsygankov com a selecção ucraniana Sub-19, em 2015

Retrospectiva
Nascido em Israel, quando o pai Vitaliy, também futebolista, representava o Hapoel Tayibe, Tsygankov Jr começou a jogar em Vinnytsia, uma cidade a 300 quilómetros de Kiev, transferindo-se para o Dínamo Kiev em 2010, apesar do interesse do Shakhtar Donetsk. Passou pelos diversos escalões de formação, representou o clube na UEFA Youth League e começou a treinar com os seniores esta temporada, sendo titular frente ao Nápoles na primeira jornada. Na segunda ronda, marcou no empate a um golo em casa do Beşiktaş, três minutos após entrar em campo.

Estilo de jogo
O esquerdino e veloz Tsygankov é o típico extremo da actualidade. Prefere actuar na direita, mas como é pouco provável que roube o lugar a Andriy Yarmolenko, o treinador Rebrov utiliza-o no flanco oposto. A sua capacidade de driblar e criar espaços são essenciais para o Dínamo Kiev.

Comparações
Tsygankov disse que Lionel Messi e Mario Götze são os jogadores que admira, mas a sua forma de jogar assemelha-se mais à de Gareth Bale ou Theo Walcott quando eram mais novos.

Momento de revelação
Tsygankov causou impacto imediato com dois golos em quatro jogos na Premier-Liha, depois da sua estreia em Agosto, e foi este bom momento que lhe proporcionou a participação na UEFA Champions League. O golo diante do Beşiktaş tornou-o no segundo jogador mais jovem a marcar pelo Dínamo Kiev nas competições europeias, remetendo Rebrov para o terceiro lugar. O líder continua a ser Shevchenko, que chamou Tsygankov para a selecção ucraniana este mês, apesar de uma lesão ter impedido o jovem de se estrear pelo país.

Melhor cenário possível
Os seus treinadores gostam de si, tem mostrado veia goleadora e para além disso já caiu nas boas graças dos adeptos do Dínamo Kiev. O seu próximo passo natural é mudar para o flanco direito, uma transição que pode acontecer brevemente se o capitão Yarmolenko concretizar o sonho de se transferir para o estrangeiro.

Discurso directo
"Marcar na Champions League foi um sonho tornado realidade, mas quero continuar a desenvolver-me. Os meus objectivos pouco importam se a equipa não ganhar".
Tsygankov após o empate a um golo com o Beşiktaş

"Jogar pela selecção teria sido um grande feito, ao invés de ser chamado por um dia e regressar ao clube, como aconteceu. Isso deveu-se a um estiramento na coxa, mas o treinador disse que me chamou por um motivo. Tentarei recompensar a confiança de Shevchenko quando voltar a ser chamado".
Tsygankov após a sua (breve) chamada à selecção

Última actualização: 22-10-16 13.11CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2414140.html#jovem+talento+semana+uefa+com+viktor+tsygankov