O "site" oficial do futebol europeu

Petr Ardeleanu arbitra final do Europeu de Sub-17

Publicado: quinta-feira, 19 de Maio de 2016, 22.19CET
Petr Ardeleanu foi o eleito para arbitrar a final do Campeonato da Europa de Sub-17 deste sábado, entre Portugal e Espanha, e afirmou: "Até fiquei arrepiado quando recebi a notícia. Foi uma surpresa."
por Wayne Harrison
de Baku
Petr Ardeleanu arbitra final do Europeu de Sub-17
Petr Ardeleanu no hotel dos árbitros, em Baku ©Sportsfile

Caminho até à final

O Campeonato da Europa de Sub-17 da UEFA compreende três fases distintas: a fase de qualificação, a ronda de elite e a fase final. O formato mudou para 2014/15 com o alargamento da fase final de oito para 16 equipas.

Fase de qualificação
A fase de qualificação, disputada no Outono, engloba 13 grupos de quatro equipas que jogam num mini-torneio no mesmo local. As duas primeiras selecções de cada grupo passam à fase seguinte, bem como as quatro equipas terceiras classificadas que tenham conseguido melhor registo frente às duas primeiras dos respectivos agrupamentos.

Ronda de elite
Na ronda de elite, disputada no início da Primavera, essas 30 selecções, mais as duas cabeças-de-série – isentas até então –, disputam oito mini-torneios de quatro equipas cada. Os vencedores de cada grupo e os sete melhores segundos classificados com melhor registo frente ao primeiro e terceiro do seu agrupamento apuram-se para a fase final e juntam-se ao anfitrião.

Fase final
Na fase final do torneio, os participantes são divididos em quatro grupos de quatro selecções cada. Apuram-se para a fase a eliminar as duas melhores classificadas de cada agrupamento.

Mais detalhes, incluindo o critério de separação de equipas que terminem empatadas em pontos num grupo, ou após 80 minutos num jogo, podem ser encontrados nos regulamentos oficiais da competição (em inglês).

Publicado: quinta-feira, 19 de Maio de 2016, 22.19CET

Petr Ardeleanu arbitra final do Europeu de Sub-17

Petr Ardeleanu foi o eleito para arbitrar a final do Campeonato da Europa de Sub-17 deste sábado, entre Portugal e Espanha, e afirmou: "Até fiquei arrepiado quando recebi a notícia. Foi uma surpresa."

Um pouco mais de duas semanas depois de ter dirigido o primeiro jogo do Campeonato da Europa de Sub-17 da UEFA de 2016, Petr Ardeleanu vai regressar ao Estádio 8km, em Baku, para apitar este sábado a final entre Portugal e Espanha.

©Sportsfile

O árbitro de 35 anos, nascido em Tachov, uma cidade na região oeste da República Checa, vai liderar uma equipa de arbitragem da qual também farão parte os árbitros assistentes Balázs Buzás (Hungria) e Ceyhun Sesigüzel (Turquia), e o quarto árbitro Gunnar Jarl Jónsson (Islândia).

Ardeleanu dirigiu já três jogos no Azerbaijão, entre eles o embate da finalista Espanha com a Itália, na terceira jornada do Grupo D. "Tem sido uma boa experiência para todos os árbitros", disse ao UEFA.com. "Ter sido escolhido para arbitrar a final é incrível. Até fiquei arrepiado quando recebi a notícia. Foi uma surpresa. Há árbitros de grande qualidade aqui", acrescentou o árbitro checo, que vai depois viajar para França, para desempenhar no UEFA EURO 2016 as funções de árbitro assistente adicional.

A final será o 21º encontro de provas da UEFA dirigido por Ardeleanu, que sobre o jogo decisivo afirmou. "É importante conhecer os jogadores, para melhor poder comunicar com eles", explicou. "[Para além de ter dirigido um jogo da Espanha] Assisti também a dois jogos de Portugal e vi alguns vídeos de outros jogos das duas selecções."

©AFFA

©Sportsfile

©Sportsfile

Gunnar Jarl Jónsson (left), Balázs Buzás, Petr Ardeleanu (second right) and Ceyhun Sesigüzel

©Sportsfile

Os árbitros do Europeu de Sub-17 posam por debaixo da célebre Maiden Tower, em Baku

Última actualização: 20-05-16 15.48CET

http://pt.uefa.com/under17/news/newsid=2366785.html#petr+ardeleanu+arbitra+final+europeu+sub