O "site" oficial do futebol europeu

2014: Steven Bergwijn

O avançado Steven Bergwijn, da Holanda, coroou a excelente campanha feita no Campeonato da Europa de Sub-17 com uma sensacional assistência na final perdida para a Inglaterra.
por Tom Kell
2014: Steven Bergwijn
O avançado holandês Steven Bergwijn em acção durante a fase final, em Malta ©Sportsfile

2014: Steven Bergwijn

O avançado Steven Bergwijn, da Holanda, coroou a excelente campanha feita no Campeonato da Europa de Sub-17 com uma sensacional assistência na final perdida para a Inglaterra.

Com um toque sensacional com a chuteira direita na final, Steven Bergwijn confirmou de forma notável a classe que demonstrara durante todo o Campeonato da Europa de Sub-17 de 2014.

Nas vésperas da fase final, o seleccionador da Holanda, Maarten Stekelenburg, prometera que a sua equipa tinha um estilo "tipicamente holandês". De facto, a equipa jogou num fluído 3-4-3, mostrou-se segura na posse da bola a partir da defesa e baseou o seu jogo num vasto leque de extremos de qualidade. Bergwijn foi o que mais se destacou ao marcar três golos e fazer assistências para outros tentos na campanha dos "Jong Oranje".

"Como toda a gente sabe, o futebol holandês é sempre ofensivo", disse o avançado do PSV Eindhoven ao UEFA.com. "Somos uma equipa que tenta tornar o campo tão grande quanto possível. Quando fazemos isto, ganhamos espaço para jogar em conjunto e atacar. Se não conseguimos fazer isto, somos mais pressionados pelos adversários porque há mais jogadores mais perto e mais juntos."

Bergwijn foi tanto causa como beneficiário desta abordagem expansiva. Apesar de ter ganho a grande penalidade que deu o primeiro golo aos holandeses em Malta, num triunfo por 3-2, sobre a Turquia, foi na segunda jornada, ante os anfitriões, que Bergwijn se deu verdadeiramente a conhecer à generalidade dos adeptos. Em duas oportunidades, o jogador de 16 anos mostrou pés bastante hábeis para criar espaço e finalizar a preceito em ambas as ocasiões, a primeira de pé direito e, depois, com o esquerdo.

Poupado frente à Inglaterra na derradeira jornada do Grupo A, voltou nas meias-finais frente à Escócia e, uma vez mais, demonstrou velocidade explosiva para criar um dos cinco golos, antes dele próprio marcar num remate desviado por um adversário.

Com lugar assegurado entre as figuras da fase final, Bergwijn catapultou-se para o topo dessa lista na final. Os holandeses perdiam quando bola foi passada ao nº7, a cerca de 30 metros da baliza adversária; com facilidade quase insolente, o seu passe de primeira enganou toda a defesa de Inglaterra e permitiu o empate a Jari Schuurman. Apesar de Bergwijn ter sido obrigado a sair mais cedo devido a lesão, na segunda parte, fez o suficiente para sugerir uma carreira destacada.

Última actualização: 27-05-14 14.46CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores

https://pt.uefa.com/under17/history/season=2014/goldenplayer/index.html#2014+steven+bergwijn