O "site" oficial do futebol europeu

2007: Bojan Krkić

Bojan Krkić foi a estrela da fase final do Campeonato da Europa de Sub-17 em 2006 e, no ano seguinte, foi decisivo na vitória da Espanha na Bélgica.

2007: Bojan Krkić

Bojan Krkić foi a estrela da fase final do Campeonato da Europa de Sub-17 em 2006 e, no ano seguinte, foi decisivo na vitória da Espanha na Bélgica.

Bojan Krkić estava a quatro meses de fazer 16 anos quando teve início a fase final do Campeonato da Europa de Sub-17, mas, mesmo antes do pontapé-de-saída, o seu nome já era bem conhecido.

Filho de um jogador do FK Crvena Zvezda e de mãe catalã, Bojan já havia marcado perto de 900 golos em sete épocas nos escalões de formação do FC Barcelona e chegou à selecção espanhola depois de conseguido o apuramento para a fase final da prova de 2006, no Luxemburgo. O seleccionador espanhol Juan Santisteban optou por deixar Bojan no banco durante a primeira parte do encontro de abertura contra o Luxemburgo, mas mal entrado na partida, quando o resultado já estava em 3-0, o avançado, de apenas 15 anos, mostrou de imediato a sua capacidade ao apontar um "hat-trick" que ajudou ao 7-1 final. Dois dias depois, contra a Rússia, que seria a vencedora do torneio, Bojan voltou a entrar ao intervalo, numa altura em que o resultado estava em branco. A jovem promessa do Barcelona voltou a não desiludir e marcou dois dos três golos da Espanha, que facilmente ganhou o encontro. O mesmo aconteceu ante a Hungria, partida que a Espanha venceu por 2-0, com Bojan – que começou de novo do banco – a marcar de grande penalidade, já perto do final, após falta por ele sofrida.

Bojan começou de início a meia-final contra a República Checa, mas a sua equipa pouco jogou e foi batida por 2-0. Mas na partida de atribuição do terceiro lugar, Bojan voltou a ser suplente utilizado e, de livre directo, marcou o seu quinto golo na prova, que fez dele um dos melhores marcadores da prova, juntamente com o alemão Manuel Fischer e o checo Tomáš Necid. Foi dele a grande penalidade decisiva que deu a medalha de bronze no respectivo desempate e continuou o seu crescimento como jogador, ao marcar, ainda como suplente, pela Selecção da Europa de Sub-18 contra a sua congénere Africana, na primeira mão edição de 2007 da Taça Meridian. Voltaria a dar nas vistas, desta vez na equipa principal do Barcelona, aquando de uma digressão pelo Egipto, que teve lugar antes da fase final do Europeu de Sub-17, onde Bojan marcara na qualificação.

A sua presença na fase final começou de forma calma, dando a ideia que estaria algo cansado ao mesmo tempo que a Espanha passeava a sua classe na fase de grupos. Mas na meia-final ante a Bélgica, numa altura em que a equipa da casa vencia por 1-0, Bojan, de longe, empatou a nove minutos do fim e marcou o decisivo 7-6 no épico desempate por grandes penalidades. Como se tal não fosse bastante, marcou o único golo na disputada final contra a Inglaterra, dando assim o título à Espanha. "Nunca vi tanta qualidade e imaginação num jogador", disse uma vez Santisteban. Ninguém que tenha visto Bojan alinhar esta época pela equipa principal do Barcelona pode ter argumentos para discordar de tal opinião.

Última actualização: 15-05-16 16.39CET

http://pt.uefa.com/under17/history/season=2007/goldenplayer/index.html#2007+bojan+krkic