O "site" oficial do futebol europeu

2005: Nuri Şahin

2005: Nuri Şahin

Nuri Şahin dificilmente alguma vez irá esquecer o ano de 2005. Em Agosto, com 16 anos e 335 dias de idade, tornou-se no jogador mais jovem de sempre a alinhar na Bundesliga, num encontro pelo BV Borussia Dortmund. Dois meses mais tarde, em Outubro, fez a estreia pela selecção principal da Turquia e marcou o golo da vitória sobre a Alemanha, o país onde nasceu, tornando-se no futebolista mais jovem a jogar e a marcar pela selecção turca. No mês seguinte, num encontro diante do 1. FC Nürnberg, tornou-se no mais jovem goleador de sempre da Bundesliga. Não poderemos esquecer que, em Maio, já tinha sido a grande figura do triunfo da Turquia no Campeonato da Europa de Sub-17.

A Turquia tinha mostrado a sua classe na fase de apuramento, eliminando a França, que era a detentora do título. Resultados que levaram o seleccionador Abdullah Avci a afirmar antes do início da fase final: "Posso afirmar que a minha equipa é melhor que a concorrência". No jogo de estreia, a Turquia foi infeliz, desperdiçou inúmeras oportunidades para marcar e acabou derrotada, por 1-0, pela Itália. Os turcos recuperaram rapidamente e conquistaram o título europeu, após bateram a Inglaterra, a Bielorrússia, a Croácia e a Holanda. No Campeonato do Mundo de Sub-17, os jovens turcos conseguiram chegar até às meias-finais.

A equipa era muito talentosa, particularmente no ataque, mas Nuri era o elemento mais importante, isto apesar de ser um ano mais novo que a maioria dos jogadores em prova. Era o cérebro do meio-campo, o homem que recebia a bola da defesa e tentava criar situações de perigo no ataque, lançando os velozes Tevfik Köse, Deniz Yilmaz, Özgürcan Özcan e Caner Erkin.

Mas Nuri também sabe marcar, como mostrou no segundo jogo do Europeu, face à Inglaterra. A Turquia esteve a vencer por 2-0, mas deixou os ingleses empatarem, correndo o risco de ficar pelo caminho. Foi então que Nuri recuperou a bola na entrada da área e rematou forte, com o esférico a sofrer um desvio e a não dar hipóteses de defesa ao guarda-redes David Button. Três dias mais tarde, Nuri voltou a brilhar no encontro contra a Bielorrússia. Tevfik Köse e Deniz Yilmaz fizeram os golos no triunfo por 5-1, mas a grande exibição da Turquia foi inspirada pelo talento de Nuri.

Mesmo nesta fase, o observador técnico da UEFA, Timo Liekoski, já tinha destacado as qualidades de Nuri, sendo que o confiante centrocampista perspectivou o seu futuro numa entrevista ao uefa.com. "É um torneio muito importante para mim, pois terei oportunidade de mostrar as minhas capacidades aos olheiros e treinadores que vão observar os jogos", explicou Nuri. "A minha ambição é jogar na equipa principal do Borússia Dortmund e, posteriormente, tenho o grande sonho de jogar em Inglaterra. Não interessa em que clube, mas gostaria muito de jogar nos grandes estádio ingleses". O Arsenal FC e o Chelsea FC têm observado o jogador, pelo que o sonho poderá tornar-se realidade.

Antes disso, Nuri tinha um troféu para conquistar. Na meia-final contra a Croácia, numa altura em que o encontro estava a ficar equilibrado, o médio marcou um livre que permitiu a Murat Duerer confirmar o triunfo por 3-1. Na final, o primeiro golo surgiu da criatividade de Nuri, que lançou Deniz Yilmaz para fazer o primeiro golo do triunfo, por 2-0, sobre a Holanda.

Não demorou muito que Nuri mostrasse o seu talento entre os seniores, provando o sucesso da detecção de talentos que a Turquia realiza na diáspora de 2,7 milhões de compatriotas que residem na Alemanha. Na fase final do Europeu de Sub-17, Nuri confessou ao uefa.com que o seu jogador preferido é Cristiano Ronaldo, afirmando: "Ele tem muita técnica e eu também". Mas o turco tem uma vantagem, pois Ronaldo precisou de esperar pelos 18 anos para fazer a estreia por Portugal. Com tanto talento e autoconfiança, o céu é o limite para Nuri.

Última actualização: 15-05-16 16.42CET

https://pt.uefa.com/under17/history/season=2005/goldenplayer/index.html#2005+nuri+sahin