Porto-Chelsea e Barcelona-Manchester City nas meias-finais da #UYL

O Chelsea derrotou o Real Madrid e será o adversário das meias-finais do FC Porto, que terça-feira afastou derrotou o Tottenham; a outra meia-final colocará frente-a-frente Manchester City, que afastou o Liverpool nos penalties, e Barcelona.

Os jogadores do Porto festejam o triunfo sobre o Tottenham e vão agora enfrentar nova equipa de Londres nas meias-finais
Os jogadores do Porto festejam o triunfo sobre o Tottenham e vão agora enfrentar nova equipa de Londres nas meias-finais ©Getty Images

Está definido o alinhamento para as meias-finais da UEFA Youth League, a disputar em Nyon, com Porto, Barcelona, Manchester City e Chelsea a garantirem as suas vagas depois de levarem a melhor nos respectivos embates dos quartos-de-final.

O Porto apurou-se ao eliminar o Tottenham, garantindo que a fase final não seria exclusivamente anglo-espanhola, e vai agora defrontar nas meias-finais, a 20 de Abril, em Nyon, outra formação londrina, o Chelsea, que derrotou o Real Madrid no terreno dos "merengues". Já o Barcelona tinha, terça-feira, afastado o Atlético e ficou esta quarta-feira a saber que nessas meias-finais irá defrontar o Manchester City, que superou o Liverpool no desempate por penalties.

Jogos dos quartos-de-final

Resumo: Barcelona 2-0 Atlético
Resumo: Barcelona 2-0 Atlético

 Terça-feira
Tottenham 0-2 Porto

  • Um cabeceamento de Diogo Leite foi desviado por Olivier Skipp para a própria baliza, antes de Santiago Irala duplicar a vantagem e confirmar o primeiro apuramento do Porto, que na ronda anterior afastou o Salzburgo, detentor do troféu, para a fase final.

Barcelona 2-0 Atlético

  • Alejandro Marqués adiantou o Barcelona e Álex Collado fez o segundo golo ainda antes do intervalo. Vencedor da edição inaugural da competição, em 2014, o Barcelona pode contar com um facto curioso: sempre que o Atlético perdeu nesta fase, em 2015 e 2017, as duas equipas que o fizeram acabaram por erguer o troféu.

Quarta-feira
Manchester City - Liverpool (13h00)

  • O City marcou encontro nas meias-finais com o Barcelona ao somar o seu segundo apuramento consecutivo graças a triunfos em desempates por penalties, depois de ter afastado nesse mesmo sistema o Internazionale Milano, nos oitavos-de-final. O guarda-redes Daniel Grimshaw voltou a ser o herói. Curtis Jones marcou primeiro para o Liverpool, à passagem do minuto 34, mas Lukas Nmecha restabeleceu a igualdade logo depois.

Real Madrid - Chelsea (15h00)

  • O Real Madrid entrou melhor e ganhou vantagem quando Óscar Rodríguez, o primeiro jogador a chegar aos 25 jogos na prova, abriu o marcador na fantástica transformação de um livre. Mas, ao intervalo o Chelsea vencia já por 3-1, com Luke McCormick a empatar e Daishawn Redan a bisar. Ismael Álvarez saltou do banco para, de cabeça, reduzir a desvantagem dos anfitriões, o Chelsea ainda viu Jacob Maddox ser expulso mas os "blues" – vencedores da competição em 2015 e 2016 – selaram o triunfo debaixo de muita chuva quando Clair colocou a bola no fundo da baliza deserta em cima do apito final e vão agora enfrentar o Porto nas meias-finais. O Chelsea, tal como o Barcelona, iguala assim o recorde do Real Madrid de três presenças em meias-finais em cinco anos de história da competição.
Resumo: Tottenham 0-2 Porto
Resumo: Tottenham 0-2 Porto

 FASE FINAL EM NYON: ESTÁDIO COLOVRAY

Meias-finais (20 de Abril)

Manchester City - Barcelona (12h00 ou 16h00)
Chelsea - Porto (12h00 ou 16h00)

Final (23 de Abril)

Vencedor da meia-final 2 - Vencedor meia-final 2 (16h00)

Topo