O "site" oficial do futebol europeu

Cinco jogadores a seguir da fase final da Youth League

Publicado: Terça-feira, 25 de Abril de 2017, 9.20CET
O UEFA.com escolheu cinco jogadores a seguir que estiveram na fase final da UEFA Youth League 2017, em Nyon, entre os quais João Félix, do Benfica.
Cinco jogadores a seguir da fase final da Youth League
O médio-ofensivo João Félix, do Benfica, foi um dos destaques da UEFA Youth League 2016/17 ©Sportsfile
 
Publicado: Terça-feira, 25 de Abril de 2017, 9.20CET

Cinco jogadores a seguir da fase final da Youth League

O UEFA.com escolheu cinco jogadores a seguir que estiveram na fase final da UEFA Youth League 2017, em Nyon, entre os quais João Félix, do Benfica.

Sergio Díaz (Real Madrid)
Diaz, de 19 anos, ingressou no último Verão no Real Madrid, proveniente do Cerro Porteño, do Paraguai. Capaz de jogar como único atacante em ambos os flancos, foi uma ameaça contra o Benfica, na meia-final, no lado esquerdo do tridente ofensivo. Nesse jogo, fez a quinta assistência da temporada para o golo de Dáni Gomez – o melhor registo igualado da competição. Autor também de quatro golos na UEFA Youth League, Díaz é habitual titular no Real Madrid Castilla, na terceira divisão espanhola.

João Félix (Benfica)
Um dos mais jovens membros da equipa do Benfica, Félix, médio de 17 anos, foi a revelação na sua primeira época na UEFA Youth League, ao marcar seis golos em dez partidas. Tal como Díaz, alinhou no lado esquerdo e ajudou as “águias” a conseguir o controlo do jogo na meia-final contra os “merengues”, fazendo dois dos três golos nos primeiros 19 minutos. O oportuno golo de calcanhar que marcou é exemplo da sua confiança.

Jordi Mboula (Barcelona)
Tendo deixado as redes sociais num frenesim com o golo soberbo contra o Dortmund nos oitavos-de-final, o lateral-direito acrescentou outro episódio ao seu portefólio em expansão ao marcar de pé esquerdo, num remate ao poste mais distante, após driblar três jogadores do Salzburgo. Esse tento na meia-final foi o seu oitavo em outras tantas partidas, total que lhe valeu terminar no topo dos melhores marcadores em igualdade com Kaj Sierhuis, do Ajax.

Daka Patson (Salzburgo)
O sucesso em Nyon foi o culminar de um turbilhão de várias semanas para o veloz avançado, que em Março conduziu a Zâmbia à glória na Taça das Nações Africanas em Sub-20. Patson fez o golo da vitória contra o Barcelona na meia-final 25 minutos depois de se ter estreado na UEFA Youth League, celebrou de forma acrobática e provou o seu valor três dias depois ao empatar, de cabeça, perto do fim do jogo diante do Benfica.

Hannes Wolf (Salzburgo)
Wolf, que não passa despercebido com o seu cabelo pintado de dourado, foi um dos dois jogadores do Salzburgo a apontar sete golos na UEFA Youth League 2016/17. Em contraste com Mergim Berisha, cujos tentos foram todos no caminho dos Campeões Nacionais, Wolf marcou nos cinco jogos que conduziram à final. Foram dele as jogadas nos dois golos contra o Benfica na final e fez ainda o empate após o golo de Mboula, na meia-final, além da assistência para o remate certeiro de Daka Patson. Talvez estejam iminentes mais oportunidades na equipa principal para um jogador que se estreou ao nível sénior em Dezembro. 

©Sportsfile

Última actualização: 25-04-17 12.30CET

http://pt.uefa.com/uefayouthleague/news/newsid=2462093.html#cinco+jogadores+seguir+fase+final+youth+league