O "site" oficial do futebol europeu

Primeiro título da Youth League para o Barcelona

A famosa academia de La Masia ajudou o Barcelona a conquistar o primeiro título na UEFA Youth League, mas houve outras histórias de sucesso na edição inaugural da prova.
Primeiro título da Youth League para o Barcelona
Munir El Haddadi, do Barcelona, melhor marcador da competição, ergue o troféu após a final ©Getty Images
 

Primeiro título da Youth League para o Barcelona

A famosa academia de La Masia ajudou o Barcelona a conquistar o primeiro título na UEFA Youth League, mas houve outras histórias de sucesso na edição inaugural da prova.

Num tranquilo fim de tarde de meados de Abril, o troféu Lennart Johansson foi erguido pela primeira vez no Estádio Colovray, em Nyon.

Conteúdos relacionados

Coube ao FC Barcelona a honra de ser o primeiro a ter o seu nome gravado na mais recente das taças da UEFA, mas no fundo todos ganharam com o êxito sentido pelo impacto global da temporada de estreia da UEFA Youth League.

Nunca se sabe ao certo o que esperar quando uma nova competição é lançada, muito menos quando se trata de uma primeira experiência numa prova europeia de clubes a nível jovem. O principal objectivo de desenvolver os jovens e oferecer-lhes um pouco do sabor das competições europeias de clubes foi conseguido, sendo que os clubes abraçaram de pronto a iniciativa.

O primeiro golo da história da UEFA Youth League foi assinado por Sinan Bytyqi, do Manchester City FC. Efectivamente, a formação de Inglaterra mostrou-se sempre uma forte candidata a chegar à final, antes de ser afastada por um resiliente SL Benfica nos quartos-de-final.

A competição pode ter sido uma novidade, mas não faltaram nomes bem conhecidos: o City teve ao leme Patrick Vieira, antigo médio da França, e contou na frente de ataque com Devante Cole, filho de Andrew, que acabou por ser um dos segundos melhores marcadores da prova.

Zinédine Zidane e Mehmet Scholl também viram os seus filhos em campo, enquanto a partir do banco de suplentes Filippo Inzaghi orientou a equipa Sub-19 do AC Milan. "É um enorme orgulho para os meus jovens jogadores disputarem encontros como este e terem oportunidade de se desenvolverem ainda mais", afirmou Inzaghi durante a fase de grupos. "Viajamos para locais fantásticos e defrontámos grandes equipas."

Seguindo o mesmo calendário e jogos dos clubes principais na fase de grupos da UEFA Champions League, a competição seguiu depois o seu próprio caminho a partir da fase a eliminar, com embates a uma só mão nos oitavos-de-final e quartos-de-final. As meias-finais e a final tiveram lotação esgotada no Estádio Colovray, situado junto à sede da UEFA, em Nyon, num fim-de-semana perfeito de futebol.

As quatro equipas resistentes – Barcelona, Benfica, Real Madrid CF e FC Schalke 04 – apresentaram um futebol brilhante num relvado preparado especialmente para o efeito por um responsável do campo do Real Madrid. Para o clima fantástico e para a excelente atmosfera contribuíram os jovens das escolas locais, envergando camisolas de cada um dos clubes finalistas, que assim se associaram aos muitos adeptos que viajaram até Nyon para apoiar os respectivos emblemas.

Os adeptos do Benfica foram os que mais se fizeram notar e a formação portuguesa não tardou a dar-lhes razões para se fazerem ouvir. As jovens "águias" chegaram ao 3-0 em apenas 17 minutos na meia-final frente ao Real Madrid, enquanto pelo meio a equipa espanhola ficou reduzida a dez jogadores. O Benfica acabou por vencer por 4-0 e pôde assistir tranquilamente ao embate entre Schalke e Barcelona. Tratou-se de um encontro bem mais equilibrado, decidido já na segunda parte por um golo de Munir El Haddadi, melhor marcador da competição.

Na final da edição inaugural, o conjunto da Catalunha esteve imparável e derrotou o Benfica por 3-0, numa vitória coroada por um momento mágico de El Haddadi, ao assinar o último golo da equipa num extraordinário remate antes da linha do meio-campo. Numa competição dedicada sobretudo ao desenvolvimento dos jogadores, foi a prova de que a primeira edição da UEFA Youth League proporcionou igualmente bastante espectáculo.

http://pt.uefa.com/uefayouthleague/history/season=2014/index.html#barca+vence+edicao+inaugural