Jovens aproveitam oportunidade para brilhar

Nascida de um pedido da Associação Europeia de Clubes, a UEFA Youth League tem o desenvolvimento como objectivo promordial.

FC Barcelona players celebrate
©Getty Images

A UEFA Youth League foi introduzida no cenário europeu em 2013/14, naquela que foi a primeira temporada de uma experiência de dois anos.

A competição de Sub-19 trata-se do primeiro torneio jovem da UEFA, neste escalão, ao nível de clubes. Nascido de um pedido da Associação de Clubes Europeus, a prova visa desenvolver ainda mais o futebol juvenil ao nível dos clubes profissionais, reduzir a distância entre as equipas dos escalões de formação e as principais, e oferecer a esses jovens uma experiência internacional única e jogos competitivos. Os vencedores erguem o troféu Lennart Johansson.

Desde a temporada inaugural, cada clube a competir na fase de grupos da UEFA Champions League tem também a respectiva equipa de Sub-19 e o calendário da primeira fase da competição é comum na UEFA Youth League: integram os mesmos grupos e disputam as mesmas partidas, tendo os jogadores a oportunidade de viajar com os seus colegas mais velhos nos jogos fora. Em 2015/16 foi criada uma segunda via da prova, com 32 campeões jovens nacionais a defrontarem os segundos classificados dos grupos num "play-off" que lhes permite juntarem-se aos vencedores dos grupos na fase a eliminar.  

Pode tratar-se de uma nova competição, mas não houve escassez de nomes sonantes envolvidos na primeira temporada. Filippo Inzaghi e Patrick Vieira assumiram os cargos de treinador, enquanto os filhos de antigas estrelas da UEFA Champions League, como Andrew Cole, Mehmet Scholl e Zinédine Zidane, estiveram também envolvidos.

A competição segue o seu próprio caminho a partir dos oitavos-de-final, com as duas equipas primeiras classificadas de cada um dos grupos da UEFA Youth League a seguirem em frente e os vencedores a serem anfitriões de uma eliminatória a um só jogo. Os quartos-de-final são também decididos numa só partida e decidem o alinhamento da fase final, a disputar em Abril, em Nyon.

Lista de honra

2013/14: Barcelona (finalista vencido: Benfica)
2014/15: Chelsea (Shakhtar)
2015/16: Chelsea (Paris)
2016/17: Salzburgo (Benfica)
2017/18: Barcelona (Chelsea)

Topo