Real Madrid defronta Sevilha na SuperTaça Europeia

O Real Madrid vai voltar a defrontar o Sevilha na SuperTaça Europeia, a terceira consecutiva com equipas espanholas, a ter lugar na cidade norueguesa de Trondheim, na terça-feira, dia 9 de Agosto.

UEFA Super Cup trophy
©UEFA.com

O Real Madrid vai defrontar o Sevilha na terceira SuperTaça Europeia da UEFA consecutiva, após o triunfo de ambas este mês ter valido a presença em Trondheim, Noruega, na terça-feira, dia 9 de Agosto.

A 18 de Maio, a vitória do Sevilha sobre o Liverpool, em Basileia, garantiu a sua quinta presença neste embate – sempre como detentor da Taça UEFA/UEFA Europa League. Depois, dez dias volvidos, o Real Madrid derrotou o Atlético Madrid no desempate por grandes penalidades para conquistar a UEFA Champions League, e espera agora repetir o triunfo por 2-0 sobre o Sevilha na SuperTaça Europeia de 2014, em Cardiff.

Para as duas equipas trata-se da quinta participação, com as do Real Madrid a acontecerem como vencedor da UEFA Champions League. O Sevilha regista a sua terceira presença consecutiva, depois da derrota por 5-4 com o Barcelona, no prolongamento, diante de 51.940 espectadores, um recorde da prova, em Tbilissi, há 12 meses. O conjunto andaluz bateu o Barcelona em 2006, antes de perder diante do Milan, no ano seguinte.

O Real Madrid perdeu na primeira vez em que participou, em 1998, frente ao Chelsea (1-0), detentor da Taça dos Clubes Vencedores de Taças, no Mónaco. Dois anos depois, o desfecho foi o mesmo, com o desaire por 2-1 no prolongamento frente ao Galatasaray, primeiro equipa a participar depois de ganhar a Taça UEFA. No entanto, os "merengues" venceram o Feyenoord por 3-1 em 2002, no seu terceiro jogo disputado no Mónaco, antes do sucesso em Cardiff, frente ao Sevilha, há dois anos.

Independentemente do que acontecer a 9 de Agosto, a Espanha vai ampliar o seu domínio como país com mais títulos na SuperTaça Europeia. Já possui o palmarés mais rico, com 12 conquistas, e o maior número de presenças – 22 – pelo que os números irão passar para 13 e 24, respectivamente.

Nos 16 jogos desde que o vencedor da Taça UEFA/UEFA Europa League começou a participar, o registo é de 9-7 a favor do detentor da UEFA Champions League, graças ao triunfo do Barcelona sobre o Sevilha em 2015. Isto significa que os campeões da UEFA Champions League ganharam as três partidas desde que estas deixaram de se realizar no Mónaco. Se o Real Madrid somar a quarta vitória seguida, isso representará um novo recorde.

  • O estádio: Lerkendal Stadion, Trondheim

• O jogo será a primeira partida decisiva das provas europeias a ser disputada na Noruega, sendo que Trondheim segue as pisadas de Praga (2013), Cardiff (2014) e Tbilisi (2015), as anteriores cidades a receberem a SuperTaça Europeia da UEFA desde que deixou de ser disputada exclusivamente no Mónaco.

[PHOTO src="1885598" size="smallLandscape" align="Right" caption=" O jogo terá lugar no Lerkendal Stadion, em Trondheim" ]  • O recinto foi inaugurado em 1947, inicialmente como casa do SK Freidig e do FK Kvid, e o Rosenborg mudou-se para o estádio dez anos depois.

• Originalmente um estádio multi-uso também utilizado para atletismo, a pista foi removida quando três novas bancadas foram construídas entre 2000 e 2002.

• Estádio habituado a jogos da UEFA Champions League pelas muitas presenças do Rosenborg, o recinto com capacidade para 21.600 capacidades também recebeu muitos jogos internacionais da Noruega.

• Foi também proposto para receber as cerimónias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, na candidatura de Trondheim.

• A edição de 2017 da SuperTaça Europeia realiza-se na Arena Nacional Filip II da Macedónia, em Skopje.

  • O UEFA.com terá todos os detalhes da SuperTaça Europeia da UEFA de 2016, incluindo venda de bilhetes, em data posterior.