A SuperTaça Europeia da UEFA

Anteriormente disputada a duas mãos, a SuperTaça Europeia da UEFA é agora decidida num só jogo entre os vencedores da UEFA Champions League e da UEFA Europa League.

Franck Ribéry (FC Bayern München)
©Getty Images

A SuperTaça Europeia da UEFA é uma espécie de "abrir do pano" para uma nova temporada de competições europeias, colocando em confronto os vencedores das edições da UEFA Champions League e da UEFA Europa League da época anterior.

Durante 14 anos o encontro foi disputado no Mónaco, mas cada edição é agora jogada numa diferente cidade europeia, tal como sucede com as finais das outras duas grandes competições de clubes da UEFA. Desde 2014 que tem lugar em meados de Agosto, tendo sido antecipado duas semanas do espaço que ocupava no fim de Agosto durante o tempo em que se realizou no Mónaco.

História
A competição foi realizada pela primeira na época 1973/74 e, inicialmente, era disputada entre o campeão europeu e o vencedor da Taça dos Vencedores das Taças. Depois de jogada a derradeira edição da Taças das Taças, em 1998/99, o encontro passou a ser disputado entre o vencedor da UEFA Champions League e da UEFA Europa League (Taça UEFA até 2009/10).

A SuperTaça Europeia da UEFA era, originalmente, decidida em duas mãos (apesar de terem existido excepções), com cada finalista a receber um jogo no seu estádio. Em 1998 a SuperTaça Europeia passou a ser decidida num só jogo, disputado no Stade Louis II, no Mónaco, e, após 14 anos em Monte Carlo, passará agora a ter um palco diferente em cada edição. O Estádio de Cardiff tem a honra de acolher o evento em 2014, por sinal um embate 100 por cento espanhol entre o Real Madrid CF e o Sevilla FC. Tbilisi (2015) e Trondheim (2016) irão acolher as próximas edições da prova.

Formato
O formato é igual ao de qualquer outra final de uma competição de clubes organizada pela UEFA. Caso se verifique uma igualdade no final do tempo regulamentar, será jogado um prolongamento de meia-hora, dividido em duas partes de 15 minutos. Se o empate subsistir, o vencedor será encontrado com recurso à marcação de grandes penalidades. A SuperTaça Europeia foi decidida no desempate por pontapés da marca de grande penalidade uma única vez - quando o FC Bayern München derrotou o Chelsea FC em 2013 -, mas em 2000 o vencedor foi determinado através do golo de ouro, com o Galatasaray AŞ, detentor da Taça UEFA, a bater o Real Madrid CF, detentor da UEFA Champions League.