2013: Neuer impede festa do Chelsea

O Chelsea perdeu a SuperTaça Europeia pelo segundo ano seguido, apesar de ter sido necessário recorrer aos penalties para o Bayern bater a equipa de José Mourinho.

FC Bayern München players celebrate
©Getty Images

FC Bayern München 2-2 Chelsea FC (ap, Bayern vence 5-4 nos penalties)
(Ribéry 47, Javi Martínez 120+1; Torres 8, Hazard 93)

O FC Bayern München ganhou a primeira SuperTaça Europeia disputada fora do Mónaco nos últimos 15 anos ao bater o Chelsea FC por 5-4 no desempate por penalties, após igualdade 2-2 no Stadion Eden, em Praga.

Numa repetição da final da UEFA Champions League de 2012, o Bayern voltou a dominar a partida, mas desta vez foram os "blues" a inaugurar o marcador, através de Fernando Torres, antes de Franck Ribéry, eleito Melhor Jogador da UEFA na Europa em 2013, igualar a contenda no início da segunda parte. A expulsão de Ramires, aos 85 minutos, deixou o Bayern em vantagem numérica para o prolongamento, mas depois de Eden Hazard restabelecer a vantagem do Chelsea, foi preciso um golo de Javi Martínez, à beira do fim, para levar a decisão para penalties. Aí, Manuel Neuer defendeu o remate decisivo de Romelu Lukaku e garantiu a Josep Guardiola a conquista do seu terceiro título na competição como treinador.

"Estou bastante feliz porque hoje jogámos 120 minutos e vencemos no desempate por penalties", disse Ribéry. "Foi importante para Guardiola vencer. Na época passada ganhámos tudo e não é fácil para ele dar seguimento a isso. Toda a equipa sente a pressão, mas é ainda mais complicado para o treinador. Isso ajuda-nos e confere o ímpeto necessário para triunfar."

"Eles levam a taça e a melhor equipa perdeu", lamentou Mourinho. "Mesmo com dez jogadores jogámos de forma fantástica. O orgulho não foi beliscado, mas perdemos."

Topo