O "site" oficial do futebol europeu

2005: Cissé dá "hat-trick" ao Liverpool

2005: Cissé dá "hat-trick" ao Liverpool
Djibril Cissé assinou o empate do Liverpool ©Getty Images

2005: Cissé dá "hat-trick" ao Liverpool

Liverpool FC 3-1 PFC CSKA Moskva

Djibril Cissé marcou por duas vezes e fez a assistência para o terceiro golo do Liverpool FC, que valeu os ingleses a conquista da teceira SuperTaça Europeia, com uma vitória, por 3-1, sobre o PFC CSKA Moskva, no Mónaco.

Tradicionalmente, a SuperTaça marca o início das temporada europeia, mas, para Liverpool e CSKA, surgiu já durante um período repleto de actividade. O Liverpool já havia realizado seis jogos de qualificação para a UEFA Champions League depois da vitória na final perante o AC Milan, ao passo que o CSKA estava a meio do campeonato nacional.

As duas equipas estavam sob pressão, mas o técnico dos russos, Valeriy Gazzaev, mostrou-se pronto para o desafio. "Penso que aqueles que dizem que este jogo é apenas para o espectáculo, uma mera exibição, deviam olhar para a história do futebol soviético e russo", disse. "Vão ver que o nosso clube foi o primeiro [da Rússia] a disputar um jogo tão prestigiante".

Steven Gerrard, considerado o Jogador Mais Valioso de 2004/05 na Gala do Futebol Europeu da UEFA, realizada na noite anterior, e que serviu de inspiração ao Liverpool na Turquia, não jogou devido a lesão e o técnico Rafael Benítez efectuou cinco alterações em relação à equipa que havia derrotado o AC Milan.

O CSKA não contou com o seu melhor marcador, Ivica Olić, mas Gazzaev apostou na mesma equipa que havia batido o Sporting na final da Taça UEFA, em Lisboa, três meses antes.

Nessa noite, Daniel Carvalho foi a estrela da companhia russa, sendo o autor da assistência para os três golos no segundo tempo. Desta vez foi ele próprio a marcar, a passe de Vágner Love, aos 28 minutos, batendo José Reina na baliza do Liverpool.

Os britânicos não aproveitaram as oportunidades proporcionadas pelo encontro até perto do fim, quando Cissé empatou o jogo a 11 minutos do apito final.

O internacional francês, em busca de conseguir a titularidade no Liverpool, voltou a facturar aos 13 minutos do prolongamento, aproveitando a recarga a um remate que Igor Akinfeev não conseguiu segurar.

Seis minutos depois, Cissé ofereceu o golo a Luis García, para assegurar o triunfo e a conquista da terceira SuperTaça Europeia, depois de ter repetido o feito de 1977 e 2001.

http://pt.uefa.com/uefasupercup/history/season=2005/index.html#2005+cisse+hat+trick+liverpool