1997: Barça domina

Celebration (FC Barcelona)
©Getty Images

FC Barcelona 3-1 BV Borussia Dortmund

O FC Barcelona venceu a SuperTaça Europeia pela segunda vez em seis anos graças a um confortável triunfo global , por 3-1, frente ao campeão europeu BV Borussia Dortmund.

O Barcelona derrotara antes outra equipa alemã, o Werder Bremen, para erguer o troféu em 1993 e teve poucas dificuldades para repetir o feito, após um triunfo, por 2-0, na primeira mão, no início de Janeiro, em Camp Nou.

Luis Enrique abriu o activo após somente oito minutos, perante 50 mil espectadores na capital catalã. As esperanças da equipa alemã de recuperar pareceram terminar quando, aos 16 minutos da segunda parte, Rivaldo marcou de grande penalidade.

O Barcelona derrotara o Paris Saint-Germain FC, por 1-0, na final da Taça dos Clubes Vencedores de Taças, em Roterdão, para ganhar direito ao jogo frente ao detentor da UEFA Champions League, cujo triunfo, por 3-1, frente à Juventus, significara o primeiro sucesso de uma equipa alemã na prova desde 1983. O Dortmund vencera a Taça Intercontinental, mas frente ao Barcelona encontraria um adversário à altura.

O jogo da segunda mão teve lugar no Westfalenstadion dois meses depois, mas quaisquer esperanças dos 32,500 espectadores testemunharem uma recuperação dos germânicos caíram por terra logo aos oito minutos, com Giovanni a marcar e aumentar a vantagem total do Barca para 3-0.

Jörg Heinrich reduziu para o Dortmund a meio da segunda parte, mas a equipa de Louis van Gaal conseguiu resistir e aguentar a vitória.

Desde a edição de 1998, a SuperTaça Europeia passou a realizar-se num único jogo, no Stade Louis II, no Mónaco, como compromisso inaugural da temporada europeia.