1987: Sousa dá vitória ao FC Porto

António Sousa (FC Porto)
©Getty Images

AFC Ajax 0-1 FC Porto
FC Porto 1-0 AFC Ajax
(Porto vence 2-0 no total)

A SuperTaça Europeia foi disputada pela primeira vez nos moldes actuais em 1986, com a final a ser disputada num único jogo no Stade Louis II, no Mónaco. Isto não impediu que, em 1987, a competição voltasse a ser disputada em duas mãos.

O FC Porto chegou a este jogo com o estatuto de campeão europeu, depois de ter batido o FC Bayern München, por 2-1, no Estádio do Prater, em Viena. Do outro lado estava o AFC Ajax, uma equipa com muita experiência de grandes finais e que tinha vencido a primeira edição da prova, em 1973. Depois de vencerem a Taça dos Vencedores das Taças, com um golo de Marco van Basten a bastar para bater o 1. FC Lokomotive Leipzig, os holandeses dispunham de uma nova oportunidade para arrecadarem a SuperTaça Europeia.

O Ajax tinha vários jogadores que contribuiriam para a vitória da Holanda no Campeonato da Europa de 1988, mas isso não impediu que o FC Porto dominasse os dois jogos.

Rui Barros marcou o único golo da primeira mão, que foi disputada em Amesterdão, a 24 de Novembro de 1987.

O segundo encontro foi disputado quase dois meses depois, no Estádio das Antas. O Ajax já contava com o talento do jovem Dennis Bergkamp, mas de nada lhe serviu. O FC Porto voltou a vencer, desta vez com um golo de António Sousa, e conquistou a SuperTaça com um total de 2-0 nos dois encontros.