Antevisão da final da Europa League: Marselha - Atlético

Equipas prováveis, declarações dos treinadores, guia de forma, opinião dos repórteres e muito mais.

©Getty Images
  • Tudo o que precisa de saber sobre a final
  • Marselha e Atlético disputam 47ª final da competição
  • Nunca um clube francês conquistou a Taça UEFA/Europa League
  • Atlético venceu a prova em 2010 e 2012
  • Rudi Garcia: "É uma grande oportundade para nós"; Diego Simeone: "Vai ser um jogo complicado"

Equipas prováveis

Marselha: Mandanda; Sakai, Rami, Luiz Gustavo, Amavi; Anguissa, Sanson; Thauvin, Payet, Ocampos; Germain

Atlético: Oblak; Vrsaljko, Giménez, Godín, Lucas; Koke, Saúl Ñíguez, Gabi, Correa; Griezmann, Costa

©UEFA.com

Onde ver

Confira aqui a lista de parceiros de transmissão da UEFA Europa League em cada território.

O que dizem os treinadores

Rudi Garcia, Marselha
O favoritismo não está do nosso lado, mas vamos dar tudo. Defrontar o Atlético é um grande desafio para nós. Trata-se de um clube que disputou duas finais da Champions League nos últimos quatro anos, um clube que venceu a Europa League há não muito tempo. Mas a final vai ser jogada em França e esta é uma oportunidade única para nós. Nunca uma equipa francesa ergueu este troféu; seria extraordinário sermos nós a primeira a consegui-lo.

Diego Simeone, Atlético
Estão reunidas todas as condições para assistirmos a uma grande final. O Marselha cresceu muito ao longo da época, tem um grande treinador e conta com muitas opções à sua disposição. É uma equipa extremamente perigosa, especialmente no meio-campo e no ataque. Vai, sem dúvida, ser um jogo complicado. Mal nos vimos afastados da Champions League, apontámos de imediato baterias a esta competição. Sermos vistos como principais favoritos à sua conquista aumentou o nosso sentido de responsabilidade, mas conseguimos chegar até aqui.

Guia de forma

Último jogo: Guingamp 3-3 Marselha (Grenier 42 52p, Briand 70p; Germain 2, Thauvin 14 81)
Os visitantes deixaram fugir uma vantagem de 2-0, com o guarda-redes Steve Mandanda a ser expulso antes de se verem a perder por 3-2 a 20 minutos do fim. Porém, o segundo golo de Florian Thauvin no jogo - o seu 26º da temporada - garantiu a conquista de um ponto. O OM ocupa o quarto lugar da Liga francesa, a uma jornada do fim.
Últimos 10 jogos (mais recentes primeiro)
: EVDEVVVVED

Recorde dez grandes golos de anteriores finais da prova
Recorde dez grandes golos de anteriores finais da prova

Último jogo: Getafe 0-1 Atlético (Koke 8)
O Atleti precisa de somar apenas um ponto na derradeira jornada, contra o Eibar, para garantir o segundo lugar na Liga espanhola, depois de um golo de Koke - o seu sexto da temporada - ter garantido um triunfo fora de portas, triunfo para o qual Jan Oblak contribuiu também de forma decisiva, ao defender uma grande penalidade perto do fim, coroando assim (mais) uma excelente actuação.

Últimos dez jogos (mais recentes primeiro): VDVVEEDVDE

Opinião dos repórteres

David Crossan, Marselha (@UEFAcomDavidC)
O Marselha mostra-se no seu melhor – e pratica um futebol mais entusiasmante – quando encontra liberdade para jogar, como mostrou na demolidora actuação ante o Leipzig na segunda mão dos quartos-de-final. Entra nesta final, sem dúvida, sem o favoritismo do seu lado, mas estará certamente determinado a fazer história e conta com dois jogadores capazes de decidir o jogo: Dimitri Payet e Thauvin.

Conseguirá o OM quebrar o enguiço francês na Europa League?
Conseguirá o OM quebrar o enguiço francês na Europa League?

Joe Walker, Atlético (@UEFAcomJoeW)
Simeone e os seus pupilos têm do seu lado a experiência de saberem o que é disputar os grandes jogos, mesmo que as suas últimas presenças em finais não tenham terminado em vitórias. Desde que se viu afastado da UEFA Champions League, a UEFA Europa League passou a ser o principal foco de atenção da temporada para o Atleti e, com o plantel a 100 por cento, a turma espanhola entrará em campo como favorita a erguer o troféu pela terceira vez em nove anos. A solidez e a tenacidade do seu futebol deverão constitui um obstáculo demasiado duro para o Marselha.

Sabia que?

  • Apesar de ter nascido em Macon, a apenas 61 quilómetros de Lyon, Griezmann nunca disputou qualquer jogo de clubes como futebolista profissional em França.
  • Esta é a segunda final de provas da UEFA que o Atlético vai disputar em Lyon; perdeu 3-0 com o Dínamo Kiev na final de 1986 da Taça dos Vencedores das Taças, jogada no Stade de Gerland.
  • O Marselha venceu oito dos nove jogos que disputou em casa na prova esta temporada, mas apenas um dos nove que disputou fora do seu Stade Vélodrome – um triunfo por 2-1 em casa do Athletic Club.

Para ficar a conhecer outros factos e curiosidades sobre o encontro, confira a nossa retrospectiva alargada da final.

Topo