Retrospectiva do Marselha - Vitória SC

Sem ganhar fora nas provas europeias desde 2005, o Vitória SC visita o Marselha, adversário apostado em regressar aos bons resultados após o desaire sofrido na segunda jornada do Grupo I.

A festa do Marselha depois de um golo de Lucas Ocampos
A festa do Marselha depois de um golo de Lucas Ocampos ©AFP/Getty Images

Sem qualquer vitória fora nas competições europeias desde 2005, o Vitória SC visita o Marselha, numa altura em que o clube francês está apostado em regressar aos bons resultados na UEFA Europa League, após a derrota sofrida na segunda jornada do Grupo I.

Confrontos anteriores
• As duas equipas vão medir forças pela primeira vez nas provas de clubes da UEFA.

• Os dez jogos já disputados pelo Marselha contra adversários portugueses nas competições europeias resultaram em 2V 2E 6D (2V 1E 2D em casa).

• Os únicos anteriores embates do Vitória SC ante oponentes franceses nas provas da UEFA ocorreram na fase de grupos de 2013/14 da UEFA Europa League, contra o Lyon – empatou 1-1 em França e perder por 2-1 em Guimarães.

Resumo: Salzburgo 1-0 Marselha
Resumo: Salzburgo 1-0 Marselha

Guia de forma
• O Marselha venceu todos os três jogos disputados em casa nas provas europeias desta temporada.

• O Vitória SC não vence fora nas competições de clubes da UEFA há 11 jogos (3E 8D) – a última vitória fora, por 1-0, no terreno do Wisła Cracóvia, data de Setembro de 2005.

• Quinto classificado da Liga francesa na época passada, o Marselha tinha estado pela última vez na fase de grupos da UEFA Europa League em 2015/16, época em que atingiu os 16 avos-de-final antes de ser eliminado pelo Athletic.

• Quarto na Liga portuguesa e finalista vencido da Taça de Portugal na época passada, o Vitória SC disputa pela terceira vez na sua história a fase de grupos da Taça UEFA/UEFA Europa e nunca conseguiu ultrapassar essa fase.

Resumo: Konyaspor 2-1 Vitória SC
Resumo: Konyaspor 2-1 Vitória SC

Curiosidades e ligações
• A distância entre Guimarães e Marselha é de cerca de 1150 quilómetros.

• Alhassan Wakaso, médio francês do Vitória SC, jogou em França na temporada passada pelo Lorient e alinhou numa derrota em casa, por 4-1, frente ao Marselha.

• A par de Anton Maglica, do Apollon, Guillermo Celis, do Vitória SC, é um dos dois jogadores que mais faltas sofreu no conjunto das duas primeiras jornadas da fase de grupos - dez no total.

• Adil Rami, do Marselha, conquistou a UEFA Europa League em 2015/16 com a camisola do Sevilha.

Os treinadores
• Treinador do Marselha desde 2016, Rudi Garcia iniciou a carreira de jogador como médio do Lille, clube ao qual voltou depois como treinador, entre 2008 e 2013, guiando-o à conquista da "dobradinha" em França na temporada de 2010/11. Passou depois três temporadas ao leme da AS Roma.

• Treinador do Vitória SC desde o Verão de 2016, Pedro Martins treinou o Marítimo (2012/13) e o Rio Ave (2014/15) em anteriores fases de grupos da UEFA Europa League. Antigo médio do Vitória SC, somou uma internacionalização pela selecção principal de Portugal durante o período em que representou o Sporting CP (1995–98).

Topo