O "site" oficial do futebol europeu

Berdyev espera muita luta do Atlético

Publicado: Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013, 18.10CET
Diego Simeone diz que o Atlético não vai abdicar do título sem lutar, enquanto Kurban Berdyev faz questão de sublinhar que o Rubin não subestima o detentor do troféu.
por Aleksandr Ustinov
de Moscovo
Berdyev espera muita luta do Atlético
Diego Godín, do Atlético, e José Rondón, do Rubin, no jogo da semana passada ©AFP/Getty Images

Estatísticas da prova

RubinAtlético

Golos marcados18
 
8
Remates à baliza57
 
47
Remates para fora65
 
61
Cantos34
 
54
Foras-de-jogo23
 
21
Faltas cometidas139
 
98
Cartões amarelos25
 
15
Cartões Vermelhos3
 
1

Classificação

 
Publicado: Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013, 18.10CET

Berdyev espera muita luta do Atlético

Diego Simeone diz que o Atlético não vai abdicar do título sem lutar, enquanto Kurban Berdyev faz questão de sublinhar que o Rubin não subestima o detentor do troféu.

"Deus ajuda os que verdadeiramente acreditam na sua missão", explicou o treinador Kurban Berdyev, numa altura em que o FC Rubin Kazan dispõe de uma vantagem de 2-0 sobre o Club Atlético de Madrid antes da segunda mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League.

A expulsão do capitão Roman Sharonov no jogo da semana passada, na capital de Espanha, não travou o ânimo do Rubin que, com golos de Gökdeniz Karadeniz (6) e Pablo Orbaiz (95), terminou com a série de 19 triunfos consecutivos do Atlético em casa na presente época em todas as competições, bem como com a série de 12 vitórias seguidas no Vicente Calderón na Europa. No entanto, Berdyev sabe que, independentemente se Diego Simeone optar ou não por colocar em campo uma equipa de jogadores menos experientes, o Rubin ainda não garantiu a eliminação do vencedor da UEFA Europa League de 2010 e de 2012.

"Esta época já houve jogos em que o Barcelona e o Inter recorreram a elementos menos rodados, mas que não deixam de ser jogadores talentosos", destacou. "Se os jogadores têm qualidade, a idade não é importante. Jogadores jovens e ambiciosos vão querer provar que merecem jogar na equipa principal. Continuo a pensar que não há favoritos. Na primeira mão fomos felizes, mas Deus ajuda os que verdadeiramente acreditam na sua missão. Os rapazes souberam lutar e lutaram até ao fim."

O Rubin só sofreu duas derrotas nos últimos 20 jogos em casa nas provas da UEFA e o Atlético, onde actua o médio português Tiago, tem a motivação de saber que ambos os desaires ocorreram em Moscovo, a cidade que vai acolher o jogo de quinta-feira. Simeone fez questão de sublinhar que a sua equipa continua a acreditar e que não vai abdicar facilmente do título. "O mais importante é que ainda temos 90 minutos para alterar o resultado", destacou o treinador argentino. "Não vai ser fácil, mas não perdemos a esperança. Temos sido sempre competitivos na UEFA Europa League e amanhã vamos prova-lo. Viemos aqui com o objectivo de vencer e conseguir o resultado que precisamos."

Há quem questione a capacidade de adaptação dos espanhóis ao frio que vão encontrar no Luzhniki Stadion, pois o mercúrio dos termómetros está em temperaturas bem negativas, mas o avançado Radamel Falcao garante que a ambição de fazer um bom resultado irá permitir superar todas as contrariedades. "Não tenho medo do frio, a vontade de vencer é superior a tudo o resto", explicou o melhor marcador das duas últimas edições da prova.

Última actualização: 21-02-13 1.49CET

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/season=2013/matches/round=2000357/match=2010059/prematch/preview/index.html#berdyev+rubin+cautelosos

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA EUROPA LEAGUE, o logótipo da UEFA Europa League e o troféu da UEFA Europa League estão protegidos por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.