Herrera eleito Melhor em Campo

Ander Herrera pôde finalmente reflectir sobre uma "grande época", após o triunfo do Manchester United em Estocolmo, com o médio a ser eleito Melhor em Campo pelos observadores técnicos da UEFA.

Ander Herrera, do Manchester United, recebe o prémio de Melhor em Campo
Ander Herrera, do Manchester United, recebe o prémio de Melhor em Campo ©Getty Images for UEFA

Cinco anos após a desilusão de perder a final da UEFA Europa League, Ander Herrera teve a sua redenção, ao ser eleito Melhor em Campo após o Manchester United erguer o troféu de 2017.

"Estamos muito felizes: um título europeu!", disse o espanhol ao receber a distinção individual em Estocolmo, na sequência de uma escolha dos observadores técnicos da UEFA. "Este foi o jogo da época. Agora sim podemos falar sobre termos tido uma grande época, com a conquista de três títulos. Jogámos como um clube grande, muito inteligente diante de um adversário forte.

"Quero dedicar isto às vítimas [do ataque em Manchester]. O treinador disse-nos que a única coisa que podíamos fazer após o que se passou na segunda-feira era ganhar. É apenas um jogo de futebol, é apenas um troféu, mas representa uma pequena consolação."

Ander Herrera (ao centro) em duelo com Jairo Riedewald, do Ajax
Ander Herrera (ao centro) em duelo com Jairo Riedewald, do Ajax©Getty Images

Ioan Lupescu, responsável pelo desenvolvimento técnico da UEFA, acrescentou: "O grupo de observadores técnicos escolheu Ander Herrera como Melhor em Campo pelo seu ímpeto e inteligência, a qualidade exibida com e sem bola, bem como o espírito de sacrifício em prol da equipa".

Outros vencedores do prémio Melhor em Campo
2016 Coke (Sevilha)
2015 Éver Banega (Sevilha)
2014 Ivan Rakitić (Sevilha)
2013 Branislav Ivanović (Chelsea)
2012 Radamel Falcao (Atlético)
2011 Radamel Falcao (Porto)
2010 Diego Forlán (Atlético)
2009 Darijo Srna (Shakhtar)
2008 Andrey Arshavin (Zenit)
2007 Andrés Palop (Sevilha)
2006 Enzo Maresca (Sevilha)
2005 Daniel Carvalho (CSKA Moscovo)
2004 Roberto Ayala (Valência)
2003 Derlei (Porto)
2002 Jon Dahl Tomasson (Feyenoord)
2001 Gary McAllister (Liverpool)
2000 Cláudio Taffarel (Galatasaray)
1999 Hernán Crespo (Parma)
1998 Ronaldo (Inter)