O que a UEFA Europa League significa para José Mourinho

"Tenho a minha medalha e, mais importante, as minhas recordações", disse José Mourinho ao UEFA.com, com o agora treinador do Manchester United a relembra a vitória de 2003 com o Porto antes de nova final.

José Mourinho festeja o apuramento do United para a final da UEFA Europa League
José Mourinho festeja o apuramento do United para a final da UEFA Europa League ©Getty Images

Passam 14 anos desde que José Mourinho venceu o seu primeiro título europeu com o Porto, num claro sinal de afirmação. Agora que se prepara para tentar a reconquista do troféu, o treinador do Manchester United espera que a vitória na UEFA Europa League se torne o começo de algo grandioso de novo.

Tem espaço no seu gabinete para o troféu da UEFA Europa League?

É o único troféu que ganhei que não tenho uma réplica pois disseram que não conseguiam fazer uma réplica de uma taça tão difícil. Tenho uma réplica da Champions League, uma da Premier League [do troféu], uma da Liga espanhola, de todas as coisas que tive a sorte de ganhar. Não foi a Europa League na minha altura, em 2003, mas a Taça UEFA é bonita também, demasiado pesada e também demasiado difícil de o fazer, pelo que não tenho réplica. Mas tenho a minha medalha, e, mais importante que isso, tenho as minhas recordações.

O seu Porto derrotou o Celtic por 3-2 para conquistar a Taça UEFA em 2003. O que é que essa vitória significou para si?

Resumo da final de 2003: vitória do Porto de Mourinho em Sevilha
Resumo da final de 2003: vitória do Porto de Mourinho em Sevilha

Ninguém esperava que ganhássemos. Uma equipa jovem, com nove portugueses em 11, com um novo treinador, sem qualquer experiência internacional. Decidi continuar no Porto mais um ano e a agradeço a Deus por essa decisão! Mas penso que foi o começo de tudo, vencer um troféu europeu e, um ano depois, a Champions League. No ano seguinte deixei o meu país para começar a minha aventura. Disse que foi a final mais emotiva da minha carreira, porque mesmo as finais da Champions League [de 2004 e 2010] os jogos estavam muito mais controlados, o resultado estava mais controlado. Esta esteve 1-0, 1-1, 2-1, 2-2, prolongamento, 3-2; foi uma noite de muitas emoções para nós.

Vamos então vê-lo a correr na linha lateral se a ganhar com o Manchester United?

Porque não? Depende do momento, apenas digo que tudo depende da ocasião. Venci a mais importante, a Champions League, 3-0 [com o Porto em 2004], e não corri ou saltei porque tudo depende da emoção do jogo. Assim tudo vai depender do momento, mas será fantástico para o clube voltar a ganhar troféus europeus e regressar à SuperTaça Europeia da UEFA. Seria muito bom para o clube e o clube é mais importante que todos nós.

Este artigo é um excerto da entrevista de José Mourinho no programa oficial da final da UEFA Europa League