Resumo de quinta-feira: como se apuraram os semifinalistas

O Lyon passou às meias-finais após bater o Beşiktaş nos penalties, enquanto Ajax e Manchester United apuraram-se no prolongamento; o Celta foi o único a não precisar de horas extras.

©AFP/Getty Images

Três dos quatro embates dos quartos-de-final da UEFA Europa League seguiram para prolongamento – e um deles só foi resolvido nos penalties – numa noite de quinta-feira plena de emoções.

Resultados da noite de quinta-feira (mais detalhes abaixo)
Beşiktaş 2-1 Lyon (total: 3-3, Lyon vence 7-6 nos penalties)
Genk 1-1 Celta (total: 3-4)
Manchester United 2-1 Anderlecht (após prolongamento, total: 3-2)
Schalke 3-2 Ajax (após prolongamento, total: 3-4)

Beşiktaş 2-1 Lyon (Talisca 27 58; Lacazette 34)

Depois de uma primeira mão muito emotiva, a segunda mão do embate entre Anthony Lopes e Ricardo Quaresma, que saiu em maca, esgotado, não ficou aquém em termos de emoção. Talisca, com um grande remate e um cabeceamento fulgurante, bisou na partida, mas Alexandre Lacazette marcou pelo meio para os visitantes, que enviaram duas bolas aos ferros, e o jogo foi para prolongamento. Nos 30 minutos extra ninguém marcou e a decisão seguiu para os penalties, com o português Anthony Lopes a defender duas grandes penalidades e Maxime Gonalons a converter o penalty decisivo.

Genk 1-1 Celta (Trossard 67; Sisto 63)

O Celta está pela primeira vez nas meias-finais de uma grande competição de clubes da UEFA. A formação espanhola partiu em vantagem para o jogo da segunda mão e alargou essa vantagem quando Pione Sisto, com um bonito remate, inaugurou o marcador na Bélgica. O Genk ainda restabeleceu a igualdade no encontro, pouco depois, subindo para nove a sua série de jogos sem perder em casa nas provas europeias esta temporada, mas foi o melhor que conseguiu, com o Celta a resistir firme ao ímpeto final do adversário.

Manchester United - Anderlecht (Mkhitaryan 10, Rashford 107; Hanni 32)

Um remate de Marcus Rashford que sofreu ainda um pequeno desvio num adversário acabou por fazer a diferença. O United, que perdeu Marcos Rojo e Zlatan Ibrahimovic por lesão no decorrer do encontro, parecia caminhar para a sua sexta vitória consecutiva em casa na Europa esta temporada quando Henrikh Mkhitaryan assinou o seu quinto golo em seis jogos na UEFA Europa League, mas Hanni restabeleceu a igualdade no jogo e na eliminatória para o Anderlecht, obrigando a turma de José Mourinho a suar. Ainda assim, os "red devils" estão um passo mais próximos de conquistarem o troféu europeu que lhes falta.

Schalke 3-2 Ajax (Goretzka 53, Burgstaller 56, Caligiuri 101; Viergever 111)

O Schalke parecia ter feito o seu trabalho e virado a eliminatória. Com uma desvantagem de 2-0 trazida da primeira mão, em Amesterdão, há uma semana, a turma alemã igualou o embate com dois golos no espaço de quatro minutos no arranque da segunda parte. Já no prolongamento, um cabeceamento de Daniel Caligiuri colocou o Schalke na rota do apuramento mas houve, contudo, tempo para o Ajax responder e seguir pela primeira vez em 20 anos para as meias-finais de uma prova europeia de clubes.