Alicerces da fama: Anderlecht

Jogaram perto de um cemitério, especializaram-se em descobrir jovens talentos e são os adversários do Manchester United nos quartos-de-final; o UEFA.com diz-lhe tudo acerca dos gigantes belgas do Anderlecht.

Youri Tielemans festeja um golo na fase de grupos pelo Anderlecht
Youri Tielemans festeja um golo na fase de grupos pelo Anderlecht ©Getty Images

O Anderlecht espera exibir a sua tradição ganhadora numa fase em que se prepara apara defrontar o Manchester United nos quartos-de-final. O UEFA.com diz-lhe quem são os gigantes de Bruxelas.

Fundação: 1908
Alcunhas: Les Mauves (os roxos), Paarswit (roxo-e-brancos)
Palmarés nas provas de clubess da UEFA
• Taça dos Vencedores das Taças: 2 (1976, 1978)
• Taça UEFA: 1 (1983)
• SuperTaça Europeia da UEFA: 2 (1976, 1978)

Palmarés doméstico (último mais recente)
• Campeonato belga: 33 (2014)
• Taça da Bélgica: 9 (2008)

• O Anderlecht foi fundado num bar. Os adeptos de futebol do distrito de Anderlecht juntaram-se no Café Concordia, a 29 de Maio de 1908, dispostos a criar uma equipa que igualasse o sucesso do Léopold Club, oriundo da zona vizinha do Uccle, que haviam derrotado os ingleses do Queens Park Rangers num jogo de exibição - feito comparado à conquista da UEFA Champions League na altura.

• O seu primeiro jogo em casa foi algo inusitado. Localizado a um quilómetro do seu actual estádio, mas apenas acessível através de uma estrada estreita, muito difícil de encontrar, o recinto foi descrito por se situar, segundo as primeiras menções do clube, "ao lado de um cemitério".

O Ryan Giggs do Anderlecht, o defesa Olivier Deschacht
O Ryan Giggs do Anderlecht, o defesa Olivier Deschacht©Getty Images

• As cores do Anderlecht são em honra de Elisabete da Baviera, Rainha da Bélgica entre 1909 e 1934, cuja carruagem real vinha decorada de roxo e branco numa visita à região. O "R" do seu nome completo, RSC Anderlecht, vem de Realeza.

• É o clube com maior sucesso no futebol belga, com 33 campeonatos nacionais. No entanto, demorou para conseguir o seu espaço, pois os gigantes locais, Racing Club, Daring Club e Union Saint-Gilloise eram mais bem sucedidos que o Anderlecht no começo, mas uma vez conquistado o primeiro título nacional, em 1947, nada mais o pararia.

• O Anderlecht pagou a verba mais alta no futebol belga, 125 mil francos, pela contratação de Jef 'O Bombardeiro' Mermans, em 1942. Esse investimento revelou-se acertado, pois venceria sete campeonatos e marcou 338 golos em 384 jogos na prova. "O Anderlecht era mais que 90 minutos em campo, era uma verdadeira família", recordou. "O meu pai morreu na Segunda Guerra Mundial quando uma bomba acertou na nossa casa. Perdemos tudo, mas o RSCA e os seus adeptos fizeram tudo para ajudar."

O presidente do Anderlecht, Roger Vanden Stock, com mais outro troféu
O presidente do Anderlecht, Roger Vanden Stock, com mais outro troféu©Getty Images

• É um genuíno clube familiar. O antigo jogador e na altura fabricante de cerveja, Constant Vanden Stock, tornou-se o seu presidente em 1971, chegando aos troféus europeus nessa década e acabaria por dar o nome ao estádio do Anderlecht. Roger, o seu filho, sucedeu-lhe em 1996. A mulher de Roger, Kiki e as filhas Claire e Julie, dirigem a loja oficial do Anderlecht. "Este é o nosso pequeno canto", disse Claire numa ocasião. "[O meu pai] aqui não manda nada."

• O Anderlecht tem o seu Ryan Giggs. Descoberto aos 16 anos, Olivier Deschacht foi convertido de extremo a lateral no Anderlecht, estreando-se em Dezembro de 2001. Agora com 36 anos, já foi campeão belga sete vezes, tendo afirmado: "Quero ficar no Anderlecht até ao final da minha carreira. Depois disso, tenho mais 50 anos para estar em casa."

Paul Van Himst (em baixo, segundo à direita) ao serviço do Anderlecht em 1967
Paul Van Himst (em baixo, segundo à direita) ao serviço do Anderlecht em 1967©Getty Images

• O antigo extremo do Anderlecht, Paul Van Himst, foi eleito o jogador de ouro da Bélgica, por ocasião do jubileu da UEFA em 2004. Um herói do Anderlecht de a 1959–75, fez o papel de 'Michael Fileu' juntamente com Pelé, Bobby Moore, Sylvester Stallone e Michael Caine num icónico filme de futebol, o Fuga para a Vitória, em 1981.

• O Anderlecht fez de Romelu Lukaku uma estrela (de televisão). O avançado estreou-se aos 16 anos, em 2009, numa altura em que era aluno no Sint Guido Instituut – uma escola secundária perto do Estádio Constant Vanden Stock. Uma série de TV, "De School van Lukaku" (A escola de Lukaku), documentou a vida do 'Grande Rom' e dos seus colegas de turma em Outubro de 2010.

• Descobrir talentos é uma especialidade do Anderlecht. Lukaku tornou-se no marcador mais novo de sempre na UEFA Europa League, ao bisar – com 16 anos e 218 dias – num triunfo ante o Ajax, a 17 de Dezembro de 2009. O "playmaker" ganês Nii Lamptey continua a ser o jogador mais novo a marcar numa competição sénior da UEFA, ao marcar na derrota 3-2 com a Roma, num jogo da Taça UEFA, com 16 anos e 100 dias, em 20 Março de 1991.