FedEx Performance Zone: Genk em alta

Timoty Castagne, do Genk, e Hugo Mallo e Iago Aspas, ambos do Celta, estão no "top ten" do guia de forma da UEFA Europa League: o UEFA.com assinala alguns dos jogadores com melhores desempenhos na quinta-feira.

©AFP/Getty Images

Os jogadores do Genk e do Celta Vigo estão entre os que mais evoluiram nos oitavos-de-fnal; o UEFA.com analisou as prestações de algumas das estrelas na quinta-feira.

5: Timoty Castagne (Genk)
Castagne tornou-se no defesa-lateral melhor colocado na FedEx Performance Zone graças ao seu golo frente ao Gent e às suas impressionantes exibições.

Highlights: Krasnodar 0-2 Celta
Highlights: Krasnodar 0-2 Celta

7: Hugo Mallo (Celta)
O capitão do Celta nesse jogo contribuiu com um golo e desempenhou um papel decisivo na inviolabilidade da sua equipa frente ao Krasnodar. 

10: Iago Aspas (Celta)
O ponta-de-lança apontou outro golo, que ajudou a sua equipa a vencer por 2-0 na Rússia e criou mais duas ocasiões de golo para os companheiros. 

Highlights: United 1-0 Rostov
Highlights: United 1-0 Rostov

25: Antonio Valencia (Man. United)
Uma grande exibição do equatoriano ajudou os comandados de José Mourinho a vencerem um resiliente Rostov por 1-0, que actuou a lateral-direitoe foi uma ameaça constante sempre que partia para o ataque. Providenciou dez cruzamentos, fez quatro fintas, ganhou três pontapés de canto e criou três ocasiões de golo.

30: Ricardo Quaresma (Beşiktaş)
Quaresma foi notável a partir para o ataque, mas ajudou a defender na segunda parte frente ao Olympiacos, tendo feito cinco alívios de bola durante o período de pressão a que a equipa foi submetida. "Tivemos dificuldades após a expulsão do Vincent Aboubakar, mas lutámos em conjunto", disse. "A nossa coesão foi excelente. A minha exibição foi boa. Fiz uma assistência, mas o que mais importava era a equipa". 

41: Andy Najar (Anderlecht)
Jogando na nada habitual posição de lateral-esquerdo, Najar fez um notável jogo frente ao APOEL.

Watch ten-man Beşiktaş beat Olympiacos
Watch ten-man Beşiktaş beat Olympiacos

43: Ryan Babel (Beşiktaş)

O extremo marcou em ambos os seus remates no triunfo do Beşiktaş por 4-1 e falhou somente 27 passes.

47: Juan Mata (Manchester United)
O golo culminou a excelente exibição de Mata frente ao Rostov.

58: Leon Goretzka (Schalke)
Apesar de o médio do Schalke ter admitido ter havido o "factor sorte", foi decisivo na recuperação do Schalke em Mönchengladbach.

©Getty Images

A opinião de Patrik Andersson
Olhando para o lado positivo, a eliminação do Borussia Mönchengladbach significa que deixo de ter quem apoiar na luta final e que não haverão dúvidas sobre a minha neutralidade como embaixador; Ficaria genuinamente radiante por ver na final alguma das nossas equipas ainda em prova.

Tiro o chapéu, também, a Leon Goretzka, que foi verdadeiramente grande pelo Schalke. Entretanto, no que toca à Performance Zone, é bom ver jogadores do Celta e do Genk no topo da classificação - nenhuma das equipas iniciou os oitavos-de-final entre os favoritos à passagem na eliminatória, mas ambas estão bem perto de algo grandioso.

Patrik Andersson é um antigo defesa do Bayern München, Barcelona e Borussia Mönchengladbach. Somou 96 internacionalizações pela Suécia, tendo chegado às meias-finais do EURO '92 e ao terceiro lugar do Mundial 1994, e fez parte da equipa do Bayern que venceu a UEFA Champions League em 2001 – nesse ano, integrou a Equipa do Ano dos Utilizadores do UEFA.com.

Terminou a carreira em 2005 e vive actualmente em Estocolmo, que será palco da final da presente edição da UEFA Europa League. É o Embaixador da final e da FedEx Performance Zone desta época.