Zlatan Ibrahimović, herói do United: "Sou como o Indiana Jones"

"Sou como o Indiana Jones", disse Zlatan Ibrahimović após marcar um "hat-trick" que contribuiu para o triunfo do Manchester United sobre o St-Étienne e para ficar mais perto do seu primeiro troféu europeu.

Zlatan Ibrahimović of Manchester United celebrates after scoring their third goal during their UEFA Europa League round of 32 first leg against Saint-Étienne
Zlatan Ibrahimović of Manchester United celebrates after scoring their third goal during their UEFA Europa League round of 32 first leg against Saint-Étienne ©Getty Images

Se o primeiro “hat-trick” em Old Trafford não foi suficiente para evidenciar o apelo de Zlatan Ibrahimović pela grande área, o sueco frisou-o mais tarde com seis meras palavras: “Eu sou como o Indiana Jones”.

Foi esta a sua resposta à pergunta sobre a sua perseguição aos troféus – no seu caso, de um europeu que sempre lhe escapou – e ao marcar os três golos que deixaram o Manchester United no controlo firme da sua eliminatória dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League contra o Saint-Etiénne, deu mais um passo na direcção desse objectivo. Esta pode até nem ser a sua última tentativa mas seria certamente um doce prémio para um futebolista com 31 conquistas em clubes, mas nenhuma a nível europeu.

Resumo: Veja o
Resumo: Veja o

"Cada troféu é incrível para mim, venci em todos os lugares onde estive pelo que se ganhar alguma coisa aqui irei ficar super contente”, disse. “As pessoas que me conhecem sabem que representei muitos clubes e dei sempre o meu melhor. Onde estive ganhei, pelo que sou como o Indiana Jones”. 

Aos 35 anos tornou-se no melhor marcador em Old Trafford, com o seu primeiro “hat-trick” a elevar para 23 o número de golos na sua época de estreia em Inglaterra. Não foi o “hat-trick” mais espectacular – um pontapé livre que sofreu um desvio, um golo à boca da baliza e uma grande penalidade – mas tal como disse do primeiro dos seus golos, que mal cruzou a linha de baliza “o importante é que entrou”.

Aos 35 anos tornou-se no melhor marcador em Old Trafford, com o seu primeiro “hat-trick” a elevar para 23 o número de golos na sua época de estreia em Inglaterra. Não foi o “hat-trick” mais espectacular – um pontapé livre que sofreu um desvio, um golo à boca da baliza e uma grande penalidade – mas tal como disse do primeiro dos seus golos, que mal cruzou a linha de baliza “o importante é que entrou”.

Veja os 20 golos de Zlatan na UEFA Champions League pelo Paris
Veja os 20 golos de Zlatan na UEFA Champions League pelo Paris

Os adeptos do St-Etiénne podem ser perdoados se pensarem que o sueco vai estar diferente na segunda mão no Stade Geoffroy Guichard com o United em vantagem por 3-0 – pois, este Indiana Jones do futebol costuma provocar danos quando defronta os “verdes”, somando o antigo atacante do Paris Saint-Germain 17 golos nas 14 vezes que os defrontou.