O "site" oficial do futebol europeu

Marcos da segunda mão dos 16 avos-de-final da Europa League

Publicado: Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013, 11.52CET
Na revisão estatística do UEFA.com aos jogos dos 16 avos-de-final, destaque para o primeiro desempate por grandes penalidades, três registos caseiros perfeitos e a noite feliz das equipas russas.
Marcos da segunda mão dos 16 avos-de-final da Europa League
O Steaua teve nervos de aço para eliminar Ajax numa decisão histórica por grandes penalidades ©AFP/Getty Images
 
 
Publicado: Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013, 11.52CET

Marcos da segunda mão dos 16 avos-de-final da Europa League

Na revisão estatística do UEFA.com aos jogos dos 16 avos-de-final, destaque para o primeiro desempate por grandes penalidades, três registos caseiros perfeitos e a noite feliz das equipas russas.

Já passava da meia-noite de sexta-feira na Roménia quando se concluíram os 16 avos-de-final da UEFA Europa League. A histórica decisão através do desempate de grandes penalidades, envolvendo o FC Steaua Bucureşti e o AFC Ajax, lidera a lista das dez estatísticas de maior interesse da segunda mão segundo o UEFA.com.

1. Após 108 duelos da fase a eliminar decididas na segunda mão – ou finais – sem recurso a penalties, a UEFA Europa League teve a primeira eliminatória resolvida com pontapés da marca de grande penalidade quando o Steaua derrotou o Ajax, por 4-2, depois de ambos terem vencido em casa por 2-0.

2. O Steaua foi o único clube a seguir em frente depois de ter perdido na primeira mão. É apenas a segunda vez na UEFA Europa League que uma equipa recupera de uma desvantagem de dois golos e se qualifica para a ronda seguinte (a primeira aconteceu quando o Fulham FC recuperou de uma derrota de 3-1 e triunfou por 4-1 em casa diante da Juventus, nos oitavos-de-final, em 2009/10).

3. FC Viktoria Plzeň e FC Girondins de Bordeaux juntaram-se ao FC Anji Makhachkala como os únicos clubes que venceram os quatro jogos da presente competição. No entanto, o Bordéus é a única equipa a ter concedido um golo em casa. As três equipas triunfaram também em todos os encontros em casa na pré-eliminatória e "play-off".

4. Anji e Plzeň são as equipas há mais tempo em prova na UEFA Europa League, pois ambas iniciaram a competição na segunda pré-eliminatória.

5. Apesar de se te revelado insuficiente para manter o Club Atlético de Madrid em prova, o golo de Radamel Falcao na vitória por 1-0 frente ao FC Rubin Kazan foi o 31º do colombiano na Taça UEFA/UEFA Europa League, facto que o tornou no segundo melhor marcador de todos os tempos no certame.

6. Com a eliminação do Atlético por 2-1 no somatório da ronda, está garantido que haverá um novo vencedor na UEFA Europa League. Os anteriores vencedores da Taça UEFA ainda em prova são o FC Zenit St Petersburg (2008), Tottenham Hotspur FC (1972, 1984) e o FC Internazionale Milano (1991, 1994, 1998). Tottenham e Inter vão defrontar-se nos oitavos-de-final.

7. O empate entre Zenit e o Liverpool FC foi o único dos 16 jogos decidido pelos golos fora. Tratou-se da 15º vez que aconteceu uma decisão do género (a sétima nos 16 avos-de-final) e a segunda ocasião em que o Liverpool saiu como vítima – depois de em 2009/10 ter sido derrotado pelo Atlético nas meias-finais. A outra equipa também eliminada duas vezes pela regra dos golos fora foi o Sporting Clube de Portugal.

8. A Rússia festejou uma ronda perfeita nos 16 avos-de-final devido à qualificação das suas três equipas - Anji, Zenit e Rubin –, enquanto os vizinhos da Ucrânia tiveram sorte diferente. FC Dnipro Dnipropetrovsk, FC Metalist Kharkiv e FC Dynamo Kyiv foram eliminados sem vencer qualquer encontro. Bielorrússia, Bélgica, Grécia e Holanda deixaram também de estar representados na prova.

9. O recorde de invencibilidade do KRC Genk na UEFA Europa League terminou com a derrota caseira por 2-0 frente ao VfB Stuttgart. O golo do Chelsea FC frente  AC Sparta Praha, perto do fim, tornou o clube inglês no único dos 132 participantes na UEFA Europa League que nunca perdeu qualquer desafio na competição (embora só tenha disputado dois).

10. Nenhuma equipa apontou mais do que três golos nas 32 partidas disputadas, tendo o somatório de 66 golos sido mais baixo de sempre dos 16 avos-de-final, prolongando uma tendência decrescente (92 em 2009/10, 80 em 2010/11 e 69 em 2011/12)

Todas as referências à UEFA Europa League reportam-se desde a fase de grupos à final, salvo indicação em contrário.

Última actualização: 04-04-14 18.02CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1924159.html#marcos+segunda+avos+final+europa+league

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA EUROPA LEAGUE, o logótipo da UEFA Europa League e o troféu da UEFA Europa League estão protegidos por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.