Jogos renhidos antevêem desempate histórico

Com metade dos embates empatados ou quase, pode acontecer o primeiro desempate por grandes penalidades, enquanto o campeão Atlético está entre as equipas com tarefa difícil.

Stefan Kiessling of Bayer 04 Leverkusen reacts during the UEFA Europa League round of 32 first leg against SL Benfica
Stefan Kiessling of Bayer 04 Leverkusen reacts during the UEFA Europa League round of 32 first leg against SL Benfica ©Getty Images

O Club Atlético de Madrid, do português Tiago, vencedor de duas das três últimas edições da UEFA Europa League, é um de vários nomes de peso com trabalho por fazer se quiserem evitar a eliminação na quinta-feira.

O Atlético perdeu por 2-0 a primeira mão dos 16 avos-de-final, em casa, frente ao FC Rubin Kazan – o seu primeiro desaire no Estadio Vicente Calderón esta época –, apesar de a formação russa ter ficado reduzida a dez jogadores antes do intervalo. Segundo na Liga espanhola, o Atlético tem agora que contrariar as probabilidades para prolongar a sua campanha europeia. Quem enfrenta uma tarefa ainda mais complicada é o SSC Napoli, de Rolando, que precisa de ser o primeiro clube na história da UEFA Europa League a recuperar de uma desvantagem de três golos sofrida na primeira mão, se quiser afastar o FC Viktoria Plzeň.

Em situação semelhante à dos napolitanos está o Olympiacos FC, após a derrota por 3-0 em casa do Levante UD, que continua a impressionar na sua estreia no torneio. O seu adversário grego é uma de apenas duas equipas acabadas de sair da fase de grupos da UEFA Champions League a partirem para a segunda mão em desvantagem – juntamente com o CFR 1907 Cluj, do treinador Paulo Sérgio, que perdeu com o FC Internazionale Milano por 2-0.

O compatriota do Cluj, FC Steaua Bucureşti, também tem uma tarefa difícil entre mãos, pois precisa de inverter uma derrota de 2-0 para impedir o AFC Ajax de ficar mais perto da final de Amesterdão, em Maio. Em contraste, as duas equipas russas, FC Zenit St Petersburg, de Bruno Alves, Luís Neto e Danny, e o FC Anji Makhachkala possuem dois golos de vantagem para preservar quando defrontarem Liverpool FC e Hannover 96 fora, respectivamente. Outro emblema da Bundesliga em desvantagem é o Bayer 04 Leverkusen, que perdeu por 1-0 na recepção ao SL Benfica.

O jogo mais emocionante do Dia de São Valentim tem continuação marcada para Roma, com a S.S. Lazio, de Bruno Pereirinha, a deter uma ligeira vantagem, após um golo em tempo de compensação ter valido o empate a três em casa do VfL Borussia Mönchengladbach. Entretanto, o Tottenham Hotspur FC, de André Villas-Boas, desloca-se ao recinto do Olympique Lyonnais não esperança de contar com mais magia de Gareth Bale, cujos dois livres fantásticos em White Hart Lane deram a vitória por 2-1.

O jogo entre Lyon e "spurs" é um dos oito que estão empatados ou com apenas um golo de diferença entre as equipas – por isso o primeiro desempate por penalties na UEFA Europa League pode estar iminente.