O "site" oficial do futebol europeu

Benfica recorda memórias de Leverkusen

Publicado: Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012, 17.30CET
Nas reacções dos participantes ao sorteio da UEFA Europa League, o director-desportivo do Benfica, Rui Costa, recordou com satisfação o inesquecível embate com o Leverkusen.

O conteúdo é transmitido de forma a que seja protegido e apenas disponível no formato flash. O seu aparelho não parece ser compatível com o leitor vídeo de flash.

 
 
Publicado: Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012, 17.30CET

Benfica recorda memórias de Leverkusen

Nas reacções dos participantes ao sorteio da UEFA Europa League, o director-desportivo do Benfica, Rui Costa, recordou com satisfação o inesquecível embate com o Leverkusen.

O SL Benfica trocou as aspirações na UEFA Champions League pelas da UEFA Europa League, ainda assim, espera-o uma primeira tarefa complicada, frente ao Bayer 04 Leverkusen, cujo director-desportivo, Rudi Völler, acredita que as duas equipas estão ao mesmo nível. "Vamos encarar o adversário olhos-nos-olhos", disse o antigo internacional alemão. "O Chelsea teria sido o sorteio mais difícil possível, mas o Benfica não lhe fica atrás. É um adversário complicado, mas se mostrarmos a mesma atitude que nas últimas semanas, acredito que temos hipóteses."

O seu homólogo, Rui Costa, comentou que se a eliminatória for idêntica à da edição de 1993/94 da Taça dos Vencedores das Taças, então será especial. "É um adversário que traz boas memórias, o último encontro foi o famoso empate a quatro golos, mas faz parte das boas memórias do nosso clube. É um adversário de grande respeito", disse o antigo médio, que fez três assistências para golo nessa noite. "Estamos conscientes dos pontos fortes do Leverkusen, que atravessa um bom momento de forma na Bundesliga, mas nós também temos qualidades."

"Agora o meu sonho vai tornar-se realidade", disse o médio do AC Sparta Praha, Josef Hušbauer, após ver a sua equipa sorteada com o Chelsea FC, vencedor da UEFA Champions League, nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League. "Assisti a um dos seus jogos na época passada e fiquei impressionado com o ambiente. Disse a mim mesmo que, um dia, gostaria de lá jogar."

O Chelsea de Rafael Benítez era um dos adversários que muitos clubes desejavam evitar no sorteio, mas Hušbauer, de 22 anos, está satisfeito com o desfecho, perante a oportunidade de testar as suas qualidades frente ao mais difícil dos oponentes. "É um excelente rival, com um grande estádio, e isso vai ser uma experiência fantástica", disse. "Tinha esperanças em enfrentar o Chelsea."

Um jogador do outro lado da barricada igualmente entusiasmado com este jogo é Petr Čech, que vai enfrentar a equipa onde se deu a conhecer, aos 19 anos. "É o destino", disse o guarda-redes do Chelsea. "É a nossa estreia na UEFA Europa League e logo a abrir defronto uma equipa checa. Para nós só existe um objectivo: conquistar a UEFA Europa League. Na qualidade de campeão da UEFA Champions League, teoricamente somos favoritos em todos os jogos. Por isso, não podemos pensar em mais nada que não a eliminação do Sparta."

Nos restantes jogos, o VfL Borussia Mönchengladbach, rival do Leverkusen na Bundesliga, vai medir forças com a S.S. Lazio, e o vice-presidente Rainer Bonhoff encara o desempenho do avançado alemão no conjunto italiano, Miroslav Klose, como fundamental, ao afirmar: "Esta época já tiveram altos e baixos, e muitos deles estiveram directamente relacionados com a disponibilidade de Klose. Conseguimos vencer outras equipas de qualidade no passado e jogar em Roma, em Fevereiro, vai ser uma ocasião fantástica para nós."

O treinador dos "biancocelesti", Vladimir Petković, espera alcançar um bom resultado na primeira mão, fora, de modo a apurar a sua equipa. "Vai ser um desafio interessante e penso que pequenos detalhes vão ser decisivos", disse o técnico. "Vamos tentar ganhar fora e depois confirmar o apuramento em casa."

"O Liverpool é um excelente sorteio", disse Viktor Fayzulin, do FC Zenit St Petersburg, após ficar a saber que vai ter pela frente o antigo campeão europeu. "É um clube com uma história rica, mas o Zenit tem força para o vencer e seguir em frente." Esse optimismo é partilhado pelo capitão do FC Rubin Kazan, Roman Sharonov, apesar de o seu clube defrontar o campeão Club Atlético de Madrid. "Eles têm Falcao e sempre que ele toca na bola, o golo é inevitável", disse Sharonov. "Vai ser muito interessante defrontar um avançado desse calibre. Não quero estar a avaliar as hipóteses do Rubin, mas aguardo a eliminatória com optimismo."

Última actualização: 21-12-12 9.37CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1908626.html#benfica+recorda+memorias+leverkusen

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA EUROPA LEAGUE, o logótipo da UEFA Europa League e o troféu da UEFA Europa League estão protegidos por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.