O "site" oficial do futebol europeu

Frei ansioso por despedir-se em glória

Publicado: Sexta-feira, 16 de Novembro de 2012, 12.41CET
"Quero jogar no máximo das minhas capacidades até final", disse Alexander Frei numa altura em que os adeptos da Suíça interiorizam a sua decisão de retirar-se em 2013.
por Michael Schifferle
de Basileia
Frei ansioso por despedir-se em glória
Alexander Frei surpreendeu os adeptos suíços ao decidir terminar a carreira ©Getty Images
 
 
Publicado: Sexta-feira, 16 de Novembro de 2012, 12.41CET

Frei ansioso por despedir-se em glória

"Quero jogar no máximo das minhas capacidades até final", disse Alexander Frei numa altura em que os adeptos da Suíça interiorizam a sua decisão de retirar-se em 2013.

Alexander Frei foi muitas vezes uma figura controversa, mas ninguém duvida do seu talento. O jogador de 33 anos anunciou na quinta-feira que vai terminar a carreira no final da época e os adeptos suíços sabem que vão ficar sem um elemento de grande valia nos próximos anos.

Todos sabiam que o contrato de quatro anos de Frei com o FC Basel 1893 terminava em Junho e que estava a ser menos utilizado desde a chegada do novo treinador, Murat Yakin, mas a decisão de pendurar as botas causou uma enorme surpresa. A maioria pensava que o atacante iria renovar contrato ou procurar um novo clube em 2013.

O antigo médio internacional suíço Roger Wehrli confessou: "Estou sem palavras. É um grande choque. Pensava que ele ia jogar, pelo menos, mais uma época." O antigo treinador-adjunto do Basileia, Marco Schällibaum, acrescentou: "Esteve sempre em boa forma física. Tenho a certeza que ainda poderia jogar mais dois anos."

Frei sempre foi famoso por pensar pela sua cabeça. Detém o recorde de 42 golos marcados em 84 jogos pela selecção suíça, assim como o de ter representado o país nas fases finais de quatro grandes competições internacionais, dois Campeonatos do Mundo e dois Campeonatos da Europa. Brilhou no estrangeiro ao serviço do Stade Rennais FC e do Borussia Dortmund, o que levou Wehrli a concluir: " Frei foi, a par de Stéphane Chapuisat, um dos melhores avançados de sempre da Suíça."

Tudo o que vier a acontecer depende exclusivamente de Frei. "Ainda vou decidir aquilo que vou fazer a seguir", explicou com a frontalidade habitual. "Primeiro, quero ter a certeza que jogo no máximo das minhas capacidades até ao final."

Última actualização: 19-11-12 13.46CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1893368.html#frei+ansioso+despedir+gloria

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA EUROPA LEAGUE, o logótipo da UEFA Europa League e o troféu da UEFA Europa League estão protegidos por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.