O "site" oficial do futebol europeu

Suécia radiante pelo apuramento

Publicado: Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011, 9.40CET
Erik Hamrén falou de "enorme alegria e orgulho", após o triunfo (3-2) da Suécia sobre a Holanda que valeu o apuramento para a fase final à sua equipa com a ajuda de um apanha-bolas.
por Sujay Dutt
de Råsundastadion
Suécia radiante pelo apuramento
Os suecos festejam o apuramento após o apito final ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

SuéciaHolanda

Golos marcados3
 
2
Posse de bola(%)0
100
Total de tentativas10
 
12
Remates à baliza6
 
7
Remates para fora4
 
3
Remates interceptados0
 
0
Remates nos postes0
 
0
Cantos2
 
13
Foras-de-jogo0
 
0
Cartões amarelos0
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas16
 
13
Faltas sofridas11
 
16

Classificação

Última actualização: 13/02/2013 11:27 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011, 9.40CET

Suécia radiante pelo apuramento

Erik Hamrén falou de "enorme alegria e orgulho", após o triunfo (3-2) da Suécia sobre a Holanda que valeu o apuramento para a fase final à sua equipa com a ajuda de um apanha-bolas.

Orgulho e alegria foram as principais emoções que se registaram no seio da selecção da Suécia após ter derrotado a Holanda, resultado que deu aos comandados de Eric Hamrén um lugar na fase final do UEFA EURO 2012 como melhor segunda classificada.

A Suécia já tinha o segundo lugar no Grupo E assegurado antes do início da partida de terça-feira, mas sabia que podia evitar a incerteza do "play-off" a duas mãos, no próximo mês, caso derrotasse os holandeses, que, por seu turno, tinham conquistado o primeiro posto. Os suecos fizeram isso mesmo, ao recuperarem de uma desvantagem de 2-1 – depois de terem estado a vencer por 1-0 – para saírem vitoriosos. Ola Toivonen revelou-se o herói dos suecos, embora Mikael Lustig, cujo lançamento de linha lateral iniciou a jogada, tenha agradecido antes a outra figura inesperada.

"Recebi a bola rapidamente do apanha-bolas", disse Lustig, membro da selecção sueca que chegou às meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2009. "Aquele rapaz devia ter algum crédito pelo golo. Esta é a melhor coisa que alguma vez me aconteceu. Ajudar o nosso país a qualificar-se para uma fase final é fantástico."

Entretanto, Anders Svensson, que somou a sua 121ª internacionalização frente aos finalistas do Mundial de 2010, tinha as mesmas razões para festejar, pese embora já leve 12 anos a representar a Suécia. "Estou a ficar mais velho, mas sem dúvida que se tratou de uma das minhas melhores vitórias", assegurou.

"Durante algum tempo consideraram-nos afastados e depois recuperámos frente a uma das melhores selecções do Mundo num jogo decisivo. Lutámos bastante durante os 90 minutos e acabou por ser o clássico pelo qual esperávamos. Quero dizer… cinco golos e vencemos por 3-2."

Para o seleccionador da Holanda, Bert van Marwijk, foi uma derrota pouco habitual. A sua equipa vencera os nove encontros anteriores na fase de apuramento para o certame da Polónia e da Ucrânia, após ter-se apurado para a fase final do Mundial de 2010 sem ter perdido (ou empatado) qualquer encontro. "A posse de bola foi de 71-29 por cento a nosso favor e jogávamos fora de casa. Mas não nos podemos concentrar somente durante 88 minutos. Aqueles dois minutos [no início da segunda parte] custaram-nos o encontro. Em dez jogos como este, venceríamos oito ou nove."

Quanto ao homólogo sueco de Van Marwijk, Hamrén, mostrou-se radiante após a gloriosa noite da sua equipa. "Sinto uma enorme alegria e orgulho. Foi um fantástico esforço colectivo".

Última actualização: 12-10-11 17.26CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/news/newsid=1695603.html#orgulho+alegria+suecia

  • © 1998-2013 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.