Guia do UEFA EURO 2020: Copenhaga

Copenhaga é uma cidade construída a partir da água
Copenhaga é uma cidade construída a partir da água ©Getty Images

Copenhaga é ...
• A capital da Dinamarca.
• Amiga das bicicletas. Os habitantes locais adoram bicicletas, com mais de 500 mil habitantes locais a utilizarem-nas diariamente.
• Reconhecida como sendo uma das cidades mais felizes do mundo.
• Ligada a Malmo, Suécia, pela Ponte Øresund – tornada famosa pela série dramática nórdica "The Bridge".
• Onde Hans Christian Anderson faleceu, em 1875, aos 70 anos, e é uma cidade conhecida pela sua cena artística.

Onde fica?
Na costa Este da Zelândia, é a maior e mais populosa das ilhas da Dinamarca. Copenhaga encontra-se separada do sul da Suécia pelo estreito de Øresund.

O Parken pronto para uma noite europeia
O Parken pronto para uma noite europeia©Getty Images

Parken
• Com capacidade para pouco mais de 38 mil espectadores, o Parken é o maior estádio de futebol da Dinamarca.
• Casa do FC København e dos jogos da selecção principal de futebol da Dinamarca.
• Recebeu a final da Taça dos Vencedores das Taças em 1994 e a final da Taça UEFA seis anos mais tarde, curiosamente com o Arsenal a participar em ambas.
• Concluído em 1992, foi construído no local onde anteriormente se situava o antigo Estádio nacional da Dinamarca, o Idrætsparken, que aí se encontrava desde 1911.
• Situado a norte do centro da cidade, fica a cerca de quatro quilómetros da principal estação ferroviária local.

Transportes em Copenhaga
A cidade é servida pelo Aeroporto de Copenhaga, situado a cerca de oito quilómetros do centro da cidade, o qual conta com metro e comboios regulares de e para os principais terminais de transportes, Estação Central e Norreport. Em 2019, serão inauguradas 17 novas estações de metro, incluindo duas perto do Parken. Dada a pequena dimensão da capital dinamarquesa, os autocarros, o metro em funcionamento 24 horas por dia e as bicicletas são, todas elas, opções eficazes para os visitantes.

Onde ficar
Desde hostels a hotéis de gama média ou mais caros, Copenhaga apresenta uma ampla gama de opções de alojamento, adequadas a todos os orçamentos. Consulte as ligações úteis abaixo.

A entrada dos Jardins Tivoli
A entrada dos Jardins Tivoli©Getty Images

O que visitar
Cultura: Visite a Galeria Nacional da Dinamarca – o maior museu de arte do país – e o Museu Nacional de História, para referir apenas dois. Copenhaga encontra-se repleta de exposições, galerias de arte e museus, pelo que certamente encontrará algo do seu agrado.   
Ambiente: Situado a poucos minutos da Estação Central, o parque de diversões dos Jardins Tivoli oferece uma arquitectura exótica, edifícios históricos, jardins exuberantes, atracções nostálgicas e é particularmente encantador à noite. Fundado em 1843, era um dos locais preferidos de Hans Christian Andersen.
Ar livre: Copenhaga conta com muitos parques e espaços verdes para os visitantes desfrutarem, entre eles o bem central Jardim do Rei (mandado construir num estilo renascentista por Cristiano IV no início da Década de 1600, onde se pode encontrar uma estátua de Hans Christian Andersen) e o Jardim Botânico. Há também locais oficiais para banhos públicos em redor do porto, vigiados por nadadores-salvadores, se quiser dar um mergulho.

Comer e beber
Copenhaga puxa para si a designação de capital gastronómica dos países nórdicos. Curiosamente, o Parken acolhe o restaurante Geranium, que tem três estrelas Michelin. As opções para comer são variadas mas os visitantes devem experimentar o smørrebrød (pão espalmado, ou sanduíche aberta), um dos pratos favoritos para os almoços. Geralmente servida em pão de centeio, a smørrebrød é coberta com um pouco de tudo, desde arenque a carne crua, marisco e ovo.

Futebol na cidade
Os rivais København e Brøndby são os dois clubes de maior sucesso da Dinamarca. Os derbies entre os dois clubes são sempre os jogos que mais espectadores atraem no país. Nordsjælland e Lyngby, também elas equipas do escalão principal do futebol dinamarquês, jogam igualmente na capital.

Arredores
A 20 minutos de viagem de comboio desde o centro de Copenhaga, o Dyrehaven (parque de veados) é um bosque repleto de árvores, pequenos lagos e paisagem descoberta. O seu nome deriva dos cerca de 2000 veados selvagens que aí habitam.

Ligações úteis
Visitar Copenhaga: http://www.visitcopenhagen.com/copenhagen-tourist
Lonely Planet: https://www.lonelyplanet.com/denmark/copenhagen
Wikipedia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Copenhagen
Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU): https://www.dbu.dk/
Parken e FC København: http://www.fck.dk/english1/

Topo