Golo de Messi vale empate ao Barcelona em Londres

Lionel Messi marcou finalmente ao Chelsea à nona tentativa após o excelente golo inicial de Willian, que acertou duas vezes nos ferros, e ajudou o Barcelona a sair de Londres com um precioso empate.

An error occurred while playing the video

message

Next video

Chelsea FC e FC Barcelona empataram a um golo em Londres na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2017/18. Willian, que na primeira parte tinha enviado duas bolas aos ferros da baliza do Barça, abriu o activo para os anfitriões à passagem da hora de jogo, mas Lionel Messi, que nunca tinha marcado aos "blues", restabeleceu a igualdade final à entrada para o quarto de hora final.

Depois de uns primeiros minutos de jogo equilibrados, o Chelsea começou a ganhar ascendente. Eden Hazard deixou um primeiro aviso, com um remate que siau ligeiramente ao lado da baliza de Marc-André ter Stegen, Paulinho ainda tentou responder pelos visitantes, mas a turma da casa foi melhor nos primeiros 45 minutos e só não saiu para o intervalo porque Willian, com dois excelentes remates, viu por duas vezes os postes da baliza adversária negarem-lhe o golo.

O brasileiro, contudo, não desistiu e aos 62 minutos marcou mesmo, no seguimento de um pontapé de canto, após assistência de Hazard. O Chelsea parecia caminhar para uma merecida vitória e levar assim vantagem para a segunda mão, em Camp Nou, mas a turma forasteira reagiu e, a 15 minutos do fim, cehgou ao empate. A bola chegou aos pés de Andrés Iniesta, que serviu Messi e o argentino quebrou finalmente o seu enguiço, marcando pela primeira vez ao Chelsea. 

Jogador-chave: Willian (Chelsea)

O internacional brasileiro foi sempre o homem mais perigoso do Chelsea, esteve na origem da maior parte dos lances de perigo da turma da casa, enviou duas bolas aos ferros e viu a sua persistência recompensada com um golo.

Momento: Messi empata

O argentino, que em oito jogos já disputados contra o Chelsea nunca tinha marcado aos "blues", ainda não tinha tido grandes oportunidades para brilhar, mas quando a oportunidade surgiu não perdoou e ofereceu ao Barcelona uma igualdade que se pode revelar crucial para o desfecho da eliminatória.

Topo