Porto derrota Leipzig no Dragão

Héctor Herrera, Danilo e Maxi Pereira apontaram os golos que permitiram ao FC Porto bater o Leipzig e subir ao segundo lugar do Grupo G.

O FC Porto assumiu o segundo lugar do Grupo G da UEFA Champions League, ao receber e bater o RB Leipzig, por 3-1.

A equipa comandada por Sérgio Conceição parecia destinada a uma noite complicada quando se viu muito cedo privada do lesionado Moussa Marega, mas Héctor Herrera não tardou a inaugurar o marcador. O internacional mexicano aproveitou uma bola perdida no interior da área alemã, na sequência de um canto, para atirar a contar com o pé direito.

O Leipzig revelava dificuldades no capítulo ofensivo, mas Timo Werner, que surpreendentemente tinha começado o jogo no banco de suplentes, foi lançado no arranque da segunda parte e não tardou a fazer a diferença. O jovem dianteiro foi desmarcado por Marcel Sabitzer e revelou toda a sua qualidade, fazendo a bola passar por cima de José Sá.

O Porto não vacilou perante o empate e partiu para cima do adversário, com o domínio do "dragão" a ser recompensado pouco depois da hora de jogo, quando Alex Telles cobrou um livre na direita e proporcionou a Danilo o cabeceamento certeiro. Estava garantido o mais importante para os "azuis-e-brancos", que estabeleceram o 3-1 final já nos descontos, por intermédio de Maxi Pereira, após assistência de Aboubakar.

Figura: Herrera (FC Porto)
Incansável ao longo dos 90 minutos, o capitão dos "dragões" defendeu e pressionou com a mesma intensidade com que tentou sempre lançar o ataque da sua equipa. Como se isso não fosse suficiente, conseguiu ainda encontrar tempo e espaço para marcar um importante golo, voltando a colocar o conjunto "azul-e-branco" no trilho certo rumo ao apuramento.

Opinião do repórter: Nuno Tavares (@UEFAcomNunoT)
O Porto não podia voltar a falhar perante o seu público e a verdade é que a formação portista assinou uma exibição plena de garra e ambição. O revés madrugador na forma da lesão de Marega não diminuiu a chama do dragão, com a equipa portuguesa a voltar a colocar-se em posição privilegiada para garantir a qualificação para a fase seguinte.

Topo