Porto tenta impedir primeiro êxito do estreante Leipzig

Após ter impressionado na primeira deslocação neste Grupo G, o Porto visita agora o terreno do Leipzig, equipa que somou um ponto nos dois primeiros jogos na época de estreia na Europa.

Emil Forsberg celebra depois de marcar o primeiro golo europeu do Leipzig
Emil Forsberg celebra depois de marcar o primeiro golo europeu do Leipzig ©AFP/Getty Images

O FC Porto impressionou na primeira deslocação neste Grupo G ao vencer categoricamente no campo do AS Mónaco FC e visita agora o estreante RB Leipzig. A equipa alemã registou um empate e uma derrota nos dois primeiros jogos na UEFA Champions League e procura agora a primeira vitória.

Retrospectiva

Leipzig
• Este vai ser apenas o terceiro jogo europeu do Leipzig. Os alemães empataram 1-1 em casa ante o Mónaco, semifinalista em 2016/17, na primeira jornada, com Emil Forsberg a assinar o primeiro golo de sempre da equipa nas provas europeias, e perderam depois no terreno do Beşiktaş JK, por 3-0, na segunda jornada.

• O Leipzig apurou-se pela primeira vez na sua história para as provas europeias de clubes ao terminar no segundo lugar da Bundesliga em 2016/17 – naquela que foi a sua primeira temporada no escalão principal do futebol alemão.

• O Leipzig é o 12º clube diferente a representar a Alemanha em fases de grupos da UEFA Champions League.

• Na primeira jornada, o Leipzig tornou-se na primeira equipa de sempre da história do futebol europeu a ter como jogo de estreia nas provas europeias um encontro da fase de grupos da UEFA Champions League.

Porto
Derrotado por 3-1 pelo Beşiktaş na primeira jornada, em casa, o Porto respondeu de forma impressionante com um triunfo por 3-0 no Mónaco, resultado igual ao alcançado na final da UEFA Champions League, em 2004, frente ao mesmo clube.

• A última vitória do Porto na Alemanha data da fase de grupos da UEFA Champions League 2006/07, um triunfo por 3-1 no terreno do Hamburger SV. O seu registo na visita a formações alemãs desde então é de 1E 3D.

• Em 2015/16, o Porto perdeu 2-0 fora e 1-0 em casa com o Borussia Dortmund nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League. Na temporada anterior, 2014/15, também tinha medido forças com outro conjunto germânico e foi derrotado por 6-1, em casa, do FC Bayern München na segunda mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League, resultado com o qual igualou a sua maior derrota europeia de sempre.

• Ao todo, o Porto disputou 31 encontros com equipas alemãs nas provas europeias de clubes e apresenta o registo de 12V 7E 12D (3V 4E 8D na Alemanha). Porém, o seu resultado mais marcante ante germânicos aconteceu quando derrotou o Bayern, por 2-1, em Viena, na final da Taça dos Campeões Europeus de 1987.

• O Porto conquistou o seu outro título de campeão europeu de clubes em solo alemão, quando derrotou o Mónaco, por 3-0, em Gelsenkirchen, na final da UEFA Champions League de 2004.

• Esta é a sétima presença seguida do Porto em fases de grupos, a 22ª no total, registo que constituiu recorde partilhado da competição. Em 2016/17, o Porto ultrapassou a fase de grupos e foi afastado nos oitavos-de-final pela Juventus, mais tarde finalista vencida da prova (derrotas por 0-2 em casa por 0-1 fora).

• O Porto tinha perdido os seus três últimos jogos na UEFA Champions League, em casa ou fora, antes do triunfo no Mónaco, o seu segundo nos últimos seis jogos na competição.

• O Porto somou quatro pontos fora na fase de grupos da temporada passada da prova.

• A época transacta foi a terceira nas últimas seis temporadas em que o Porto conseguiu ultrapassar a fase de grupos.

Ligações entre jogadores e treinadores
• Timo Werner bisou na vitória por 3-1 da Alemanha sobre os Camarões na fase de grupos da Taça das Confederações da FIFA de 2017; Vincent Aboubakar assinou o golo da selecção camaronesa nesse encontro.

• Werner também marcou e fez ainda uma assistência na vitória da Alemanha nas meias-finais dessa competição, por 4-1, sobre o México, equipa que contou com Miguel Layún e Héctor Herrera.

• Ao serviço da equipa principal do Sporting CP em 2012/13, Bruma esteve em campo num empate 0-0 frente ao Porto.

• Jogaram juntos:
Bruma e Alex Telles (Galatasaray AS, 2014/15)
Bruma e Diego Reyes (Real Sociedad de Fútbol, 2015/16)
Bruma e Ricardo, José Sá, Sérgio Oliveira (Sub-21 de Portugal)

Factos do encontro

Leipzig
• O Leipzig venceu por 3-2 o Borussia Dortmund no sábado, num jogo em que ambas as equipas marcaram um golo de penalty e viram um jogador expulso. 

• Lukas Klostermann marcou o seu primeiro golo no escalão principal no triunfo por 2-1 do Leipzig no terreno do 1. FC Köln, a 1 de Outubro.

• O Leipzig perdeu apenas um dos últimos nove jogos que disputou fora, 5-4 contra o FC Bayern München a 13 de Maio.

• Werner, que apontou nove golos em 11 jogos ao serviço de clube e selecção esta temporada, falhou o jogo com o Colónia e os derradeiros jogos da Alemanha na Qualificação Europeia devido a um problema cervical, mas já regressou, tendo ficado no banco frente ao Dortmund.

• Stefan Ilsanker alinhou no triunfo caseiro por 3-2 da Áustria sobre a Sérvia, a 6 de Outubro, mas ficou de fora da deslocação à Moldávia três dias depois em virtude de uma lesão num dedo do pé. Marcel Sabitzer, por seu lado, ficou de fora dos convocados da Áustria na sequência de uma operação aos dentes.

• A 7 de Outubro, Naby Keïta marcou e foi, mais tarde, expulso na derrota caseira da Guiné por 4-1 sobre a Tunísia na fase de qualificação africana para o Campeonato do Mundo.

Porto
• À procura do seu primeiro título de campeão português desde 2013, o Porto, líder da classificação, venceu os seus primeiros jogos na Liga portuguesa 2017/18 antes de empatar sem golos no terreno do Sporting Clube de Portugal, segundo classificado, a 1 de Outubro.

• O Porto sofreu apenas seis golos nos 11 jogos disputados esta época, não tendo sofrido qualquer tento em sete deles.

• Vincent Aboubakar prolongou este mês o seu contrato com o Porto, encontrando-se agora vinculado ao clube até ao Verão de 2021.

• O golo de Miguel Layún no Mónaco, na segunda jornada, foi o seu primeiro em quase sete meses pelo clube. Sérgio Oliveira, de forma algo surpreendente titular nesse encontro, não alinhava pela equipa principal do Porto em jogos oficiais desde Agosto de 2016; cinco dias depois jogou também os 90 minutos na visita ao terreno do Sporting CP.