Bis de Kane inspira Tottenham frente ao Dortmund

Harry Kane fez a diferença num encontro disputado num ritmo alucinante, ao marcar os dois dos três golos com que o Tottenham derrotou o Dortmund.

Harry Kane esteve ao nível a que tem habituado os adeptos nos últimos tempos e bisou pelo Tottenham num triunfo por 3-1 sobre um Dortmund que nunca baixou os braços num encontro cativante em Wembley.

O instinto goleador do avançado inglês fez a diferença para os "spurs", que terminaram o encontro com apenas 37 por cento do tempo de posse de bola, mas que souberam aproveitar ao máximo as suas oportunidades.

O primeiro golo de Kane fechou um quarto-de-hora inicial de jogo verdadeiramente frenético. Heung-Min Son tinha já inaugurado o marcador com um remate certeiro de ângulo apertado e o Dortmund tinha empatado com um fantástico remate em arco de Andriy Yarmolenko no seu jogo de estreia pela turma alemã.

O segundo golo de Kane selou, depois, o triunfo à passagem da hora de jogo, numa altura em que o Dortmund pressionava em busca de nova igualdade no marcador. A partir daí, o Tottenham mostrou-se sempre mais perto de voltar a marcar, ainda que esta que foi a sua segunda vitória em cinco jogos para a UEFA Champions League disputados em Wembley tenha ficado manchada, perto do fim, por um cartão vermelho exibido a Jan Vertonghen.

Jogador-chave: Harry Kane (Tottenham)
Kane parece ter encontrado a sua melhor forma mesmo a tempo de provar o seu valor nos grandes palcos. A estrela dos "spurs" não perdoou na primeira ocasião de golo de que dispôs, antes de matar o jogo quando o Dortmund ameaçava dar a volta aos acontecimentos. Há quem questione o que Kane consegue fazer frente às melhores equipas, mas o avançado internacional inglês deu a resposta perfeita, chegando aos quatro golos em quatro jogos na UEFA Champions League.