Sevilha soma ponto ante perdulário Liverpool

Joaquín Correa marcou o golo que valeu ao Sevilha um empate 2-2 em Anfield, depois de o Liverpool ter desperdiçado várias ocasiões de golo, entre elas um penalty, num entusiasmante jogo de abertura do Grupo E.

O Liverpool pagou o preço de ter desperdiçado uma série de oportunidades de golo, entre elas uma grande penalidade falhada na primeira parte por Roberto Firmino, e viu Joaquín Correa marcar o golo que valeu a um persistente Sevilha um empate 2-2 em Anfield.

A formação da casa deixou-se surpreender nos minutos iniciais, quando Sergio Escudero cruzou para Wissam Ben Yedder abrir o marcador, mas restabeleceu a igualdade à passagem do minuto 21, na sequência de uma fantástica troca de passes entre Alberto Moreno e Firmino, finalizada por este último.

O Liverpool podia muito bem ter resolvido o jogo até ao intervalo, mas apenas conseguiu concretizar uma das muitas ocasiões de golo que criou. Um remate de Mohamed Salah que ainda sofreu um desvio, aos 37 minutos, colocou os "reds" na frente, mas a grande penalidade desperdiçada por Firmino acabaria por se revelar determinante.

O Sevilha reencontrou-se após o intervalo e conseguiu chegar à conquista de um ponto quando Luis Muriel, vindo do banco, serviu Correa e este, com um bom trabalho de pés, bateu o guarda-redes Loris Karius e fez o empate. O Liverpool viu ainda Joe Gomez ser expulso já nos descontos e houve ainda tempo para Muriel quase oferecer a vitória ao Sevilha num final de jogo entusiasmante.

Jogador-chave: Alberto Moreno (Liverpool)