Sporting - FCSB: factos e estatísticas do "play-off"

O Sporting não tem boas recordações do “play-off” da UEFA Champions League, mas espera mudar isso quando lutar com o FCSB por um lugar da fase de grupos de 2017/18.

O Sporting foi eliminado pelo CSKA Moscovo em 2015/16 na última participação no "play-off"
O Sporting foi eliminado pelo CSKA Moscovo em 2015/16 na última participação no "play-off" ©AFP/Getty Images

Eliminado nas duas participações anteriores no “play-off” da UEFA Champions League, o Sporting CP vai tentar que à terceira seja de vez frente ao FCSB.

Confrontos anteriores
• A primeira mão será a primeira vez que os clubes se vão defrontar nas  provas da UEFA.

• O Sporting disputou seis jogos frente a clubes romenos: a equipa da casa ganhou sempre e os visitantes ficaram sempre em branco.

• O FCSB ganhou apenas um dos seis encontros anteriores com clubes portugueses, quando bateu o Rio Ave, por 2-1, em Bucareste, na fase de grupos da UEFA Europa League de 2014/15; os romenos empataram 2-2 em Vila do Conde.

• Os últimos quatro jogos do FCSB frente a clubes portugueses foram contra o Benfica, frente ao qual perderam nas meias-finais da Taça dos Campeões Europeus de 1987/88 (0-0 em Bucareste, 0-2 em Lisboa). Na fase de grupos da UEFA Champions League de 1994/95, os portugueses venceram por 2-1 em casa, enquanto o jogo na Roménia terminou 1-1.

Retrospectiva

• O Sporting tenta alcançar a fase de grupos pela terceira vez em quatro anos.

• O clube de Lisboa foi eliminado nas duas participações anteriores no “play-off” da UEFA Champions League, frente à ACF Fiorentina em 2009/10 e com o PFC CSKA Moskva em 2015/16.

• Em 2016/17, o Sporting terminou no quarto lugar do seu grupo, atrás de Borussia Dortmund, Real Madrid CF e Legia Warszawa.

• O Sporting qualificou-se como terceiro classificado na Liga portuguesa em 2016/17.

• O clube português perdeu três dos últimos quatro desafios europeus em casa e venceu o outro.

• O emblema romeno alcançou o “play-off” com uma vitória por um total de 6-3 sobre o FC Viktoria Plzeň; começou por empatar 2-2 em casa antes de vencer por 4-1 na República Checa.

• O FCSB procura alcançar a fase de grupos pela oitava vez, a primeira desde 2013/14.

• O registo do clube de Bucareste no “play-off” da UEFA Champions League é de V1 D2. Os romenos afastaram o Légia devido aos golos marcados fora em 2013/14, mas perderam no ano seguinte com o PFC Ludogorets Razgrad no desempate por grandes penalidades e em 2016/17 diante do Manchester City FC por total de 6-0.

• Em 2016/17, o FCSB ficou no quarto lugar do seu grupo na UEFA Europa League.

• O FCSB qualificou-se para a UEFA Champions League ao terminar no segundo lugar do campeonato da Roménia na época passada.

• A vitória por 4-1 em Plzeň foi a primeira do FCSB em seis jogos europeus fora (E2 D3).

Ligações entre equipas e treinadores
• O romeno László Bölöni, membro da equipa do FC Steaua Bucureşti vencedora da Taça dos Clubes Campeões Europeus em 1986, foi o treinador do Sporting no seu título mais recente na Liga portuguesa, em 2001/02. Os “leões” também conquistaram a Taça de Portugal e a Supertaça na passagem de dois anos do técnico pelo clube.

• O FCSB conta no plantel com o médio português Filipe Teixeira, nascido em Paris.

• Júnior Morais jogou uma época e meia em Portugal ao serviço do SC Freamunde, nas divisões inferiores, antes de rumar à Roménia em Janeiro de 2011.

Perfil dos treinadores 

• Finalista vencido na UEFA Europa League como treinador do SL Benfica em 2013 e 2014, Jorge Jesus deixou surpreendentemente as "águias" e ingressou no Sporting no Verão de 2015. O técnico de 63 anos começou a carreira de jogador no Sporting – no qual alinhou também o seu pai, Virgolino – e treinava o Benfica desde 2009.

• Nomeado em Junho, após ter promovido o SCM Pitești ao segundo escalão do futebol romeno em 2016/17, o antigo médio-ofensivo Nicolae Dică, de 37 anos, ganhou campeonatos como jogador ao serviço de Steaua e CFR 1907 Cluj. Representou a selecção principal da Roménia em 32 ocasiões e marcou nove golos, tendo participado nas três partidas do país no UEFA EURO 2008. Foi eleito jogador do ano na Roménia em 2006.

Topo