O "site" oficial do futebol europeu

Reencontro com Ronaldo é destaque no Bernabéu

Publicado: Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013, 8.45CET
Real Madrid e Manchester United defrontam-se num emocionante duelo dos oitavos-de-final marcado pela presença de Cristiano Ronaldo, antiga estrela em Old Trafford, na equipa anfitriã.
Reencontro com Ronaldo é destaque no Bernabéu
Cristiano Ronaldo festeja o seu derradeiro troféu como jogador do Manchester United, o título da Premier League de 2009 ©Getty Images

Estatísticas da prova

Real MadridMan. United

Golos marcados26
 
11
à baliza135
 
71
para fora83
 
46
Cantos71
 
55
Foras-de-jogo39
 
27
Faltas cometidas150
 
92
Cartões amarelos25
 
12
Cartões Vermelhos2
 
1

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
 
Publicado: Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013, 8.45CET

Reencontro com Ronaldo é destaque no Bernabéu

Real Madrid e Manchester United defrontam-se num emocionante duelo dos oitavos-de-final marcado pela presença de Cristiano Ronaldo, antiga estrela em Old Trafford, na equipa anfitriã.

Real Madrid CF e Manchester United FC defrontam-se nos oitavos-de-final da UEFA Champions League, numa eliminatória cujo atractivo suplementar é a presença de Cristiano Ronaldo, antiga estrela em Old Trafford.

• A perspectiva de Ronaldo defrontar o Manchester United pela primeira vez acrescenta mais uma camada de intriga a um duelo entre clubes que já se defrontaram em quatro ocasiões na Taça dos Clubes Campeões Europeus. Por sinal, os vencedores desses duelos ergueram o troféu em três dessas quatro vezes.

• É também a oportunidade para José Mourinho renovar a rivalidade com Alex Ferguson. Apesar do Manchester United se ter apurado para os oitavos-de-final como vencedor do Grupo H, o Real Madrid, segundo classificado do Grupo D, ganhou oito dos últimos nove jogos perante o seu público na UEFA Champions League e pode encorajar-se pelo facto do United ter sofrido golos primeiro do que o adversário nos últimos cinco encontros das competições europeias, e só ganhou duas vezes em 20 visitas a Espanha.

Encontros anteriores
• O Real Madrid superiorizou-se em três dos quatro duelos anteriores – nas meias-finais de 1956/57 e nos quartos-de-final de 1999/2000 e 2002/03 –, tendo o Manchester United prevalecido nas meias-finais de 1967/68.

• No mais recente duelo entre as duas equipas, o Real Madrid superiorizou-se por um total de 6-5. A equipa de Vicente del Bosque triunfou por 3-1 no jogo da primeira mão, realizado no Estadio Santiago Bernabéu, graças a golos de Luís Figo e Raúl González (2), antes de Ruud van Nistelrooy ter reduzido a diferença.

• O brasileiro Ronaldo apontou um "hat-trick" em Old Trafford, onde o Manchester United recuperou para vencer o encontro por 4-3, com dois golos do substituto David Beckham, numa partida que também teve tentos de Van Nistelrooy e Iván Helguera, embora este na própria baliza.

• Nesse último encontro, realizado a 23 de Abril de 2003, as equipas alinharam da seguinte forma:
Man Utd: Barthez, O'Shea, Ferdinand, Brown, Silvestre (Phillip Neville 79), Verón (Beckham 63), Butt, Keane (Fortune 82), Giggs, Van Nistelrooy, Solskjær.
Real Madrid: Casillas, Míchel Salgado, Hierro, Iván Helguera, Roberto Carlos, Zidane, McManaman (Portillo 69), Figo (Pavón 88), Makélélé, Ronaldo (Solari 67), Guti.

• O Real Madrid, mais tarde vencedor dessa edição de 1999/2000, progrediu na prova com um total de 4-2 nos quartos-de-final e deu sequência ao nulo caseiro com uma vantagem de 3-0 na segunda mão, realizada em Manchester, após um autogolo de Roy Keane e um bis de Raúl e antes de Beckham e Paul Scholes ripostarem pelo então detentor do troféu. Ryan Giggs e Iker Casillas também participaram nesse duelo.

• O United possui vasto historial de recuperações neste confronto. Após George Best apontar o único golo da primeira mão na meia-final de 1967/68, os "red devils" viram-se em desvantagem ante o Real Madrid ao intervalo da segunda mão, por 3-1, mas tentos de David Sadler e de Bill Foulkes proporcionaram o triunfo total por 4-3. O United prosseguiu depois rumo à conquista do troféu pela primeira vez ao derrotar o SL Benfica na final.

• O Real Madrid venceu o primeiro duelo entre as duas equipas por um total de 5-3 rumo à final de 1956/57. Os "merengues" derrotaram os comandados de Matt Busby em casa, por 3-1, e depois estiveram a vencer por 2-0 em Old Trafford antes de consentirem o empate 2-2.

Retrospectiva
• O Real Madrid já levou a melhor sobre o vizinho do Manchester United na fase de grupos da presente edição. A equipa de Mourinho conseguiu uma emocionante vitória por 3-2, depois de ter estado a perder em casa com o Manchester City FC, logo na primeira jornada, num jogo em que Ronaldo apontou o golo do triunfo no derradeiro minuto. Em Manchester, as duas equipas empataram 1-1.

• O registo caseiro do campeão de Espanha frente a clubes de Inglaterra é: 6V 4E 2D. O último visitante inglês a derrotar os "merengues" foi o Liverpool FC, por 1-0, nos oitavos-de-final de 2008/09.

• O United foi afastado da última edição da UEFA Europa League após derrotas em casa e fora frente ao Athletic Club, e também perdeu o mais recente confronto frente a equipas espanholas – diante do FC Barcelona, por 3-1, na final de 2011, em Wembley.

• O registo do United em deslocações a Espanha é: 2V 8E 10D. O derradeiro sucesso aconteceu no reduto do Valencia CF na fase de grupos da UEFA Champions League de 2010/11, em que Javier Hernández assinou o único golo da partida.

• O Real Madrid perdeu a final da Taça dos Campeões de 1981 para o Liverpool e a final da Taça dos Vencedores de Taças de 1971 para o Chelsea FC.

• O United perdeu as finais de 2009 e 2011 da UEFA Champions League para o Barcelona, isto após ter derrotado o mesmo adversário na final da Taça das Taças de 1991.

• Ferguson era o técnico do Aberdeen FC quando a equipa da Escócia derrotou o Real Madrid na final da Taça das Taças de 1983, naquele que constituiu o primeiro troféu conquistado pelo treinador.

Ligações entre as equipas
• Mourinho defrontou o United por duas vezes nesta fase da UEFA Champions League, tendo começado com o triunfo do FC Porto nos oitavos-de-final de 2003/04, a caminho da conquista do troféu. Numa equipa que incluía Ricardo Carvalho, conseguiu uma vantagem em casa por 2-1, antes de conseguir um triunfo total de 3-2 quando Costinha anulou o golo inaugural de Scholes em cima do apito final.

• O FC Internazionale Milano de Mourinho foi eliminado pelo United nos oitavos-de-final de 2008/09. Após uma primeira mão sem golos, o Inter perdeu em Old Trafford por 2-0 graças a golos de Nemanja Vidić e de Ronaldo.

• Pelo meio, Mourinho desfrutou de boa sequência de resultados frente ao United enquanto treinador do Chelsea, tendo o seu percurso em Stamford Bridge começado com um triunfo caseiro, por 1-0, a 15 de Agosto de 2004. Durante os três anos passados em Londres, o registo de Mourinho frente ao United foi: 5V 4E 1D. A SuperTaça inglesa, disputada em Agosto de 2007, contou como empate, uma vez ter terminado com 1-1 no marcador, antes de o United ganhar no desempate por grandes penalidades.

• O Chelsea de Mourinho, incluindo Michael Essien na equipa, venceu o United, por 1-0, no prolongamento da final da Taça de Inglaterra de 2007. Rio Ferdinand, Vidić, Darren Fletcher, Michael Carrick, Scholes, Giggs e Wayne Rooney jogaram pelos "red devils".

• Ronaldo passou seis temporadas no Manchester United entre 2003 e 2009. Apontou 118 golos em 292 partidas, venceu uma UEFA Champions League e três títulos da Premier League, assim como uma Taça de Inglaterra e duas Taças da Liga.

• Ronaldo participou em duas finais da UEFA Champions League pelo United. Marcou em 2008 no empate 1-1 frente ao Chelsea, no qual actuavam Carvalho e Essien, em Moscovo, onde o United triunfou no desempate por grandes penalidades, pese embora o actual número 7 do Real Madrid tenha falhado a sua tentativa de conversão. Doze meses mais tarde, o derradeiro encontro de Ronaldo pelo United terminou em derrota, em Roma, na final frente ao Barcelona.

• Essien fez parte da equipa do Olympique Lyonnais que defrontou o United na fase de grupos de 2004/05, tendo o conjunto francês empatado 2-2 em casa antes de perder por 2-1 em Old Trafford.

• Xabi Alonso teve de esperar pela quinta e derradeira temporada pelo Liverpool, em 2008/09, para saborear a vitória sobre o United – o seu único sucesso em sete tentativas. Álvaro Arbeloa perdeu os três encontros disputados frente ao United enquanto jogador dos "reds".

• Luka Modrić não venceu qualquer dos oito desafios frente ao United enquanto jogador do Tottenham Hotspur FC, entre 2008 e 2012. Na primeira época em Londres, o médio croata perdeu a final da Taça da Liga no desempate por grandes penalidades e marcou em Old Trafford deixando os "spurs" a vencer por 2-0 em Old Trafford, num jogo da Premier League que o United acabou por vencer por 5-2.

• Kaká fez parte da equipa do Milan que bateu o Manchester United nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2004/05 e, duas épocas depois, marcou três golos no triunfo total dos milaneses por 5-3 nas meias-finais.

• Como jogador do Club Atlético Madrid, David de Gea sofreu 11 golos em cinco derrotas consecutivas em derbies frente ao Real Madrid.

• A Espanha, capitaneada por Casillas e também com os "merengues" Sergio Ramos e Xabi Alonso titulares, derrotou por 1-0 a Holanda, cuja selecção tinha Robin van Persie de início, na final do Mundial de 2010. Na época seguinte, Van Persie, então no Arsenal, defrontou o Barcelona nos oitavos-de-final da UEFA Champions League e marcou no triunfo da primeira mão por 2-1. Contundo, foi expulso no encontro da segunda mão, perdido pelos "gunners" por 3-1.

• Wayne Rooney fez parte da selecção de Inglaterra que foi goleada pela Alemanha, por 4-1, nos oitavos-de-final do Mundial de 2010; Sami Khedira e Mesut Özil alinharam pelos germânicos. Khedira e Özil ganharam o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2009 pela Alemanha, em cuja final, concluída com uma vitória por 4-0 sobre a Inglaterra, Özil apontou um golo.

• A Irlanda do Norte, com Jonny Evans em campo, frustrou Portugal, com Pepe e Ronaldo entre os titulares, numa igualdade 1-1 em Outubro, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo de apuramento para o Mundial de 2014.

• Rafael estreou-se pela selecção principal do Brasil em Maio de 2012 num jogo particular com a Dinamarca, ao lado de Marcelo.

Última actualização: 10-02-13 16.15CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000348/match=2009591/prematch/background/index.html#united+reencontra+ronaldo

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.