O "site" oficial do futebol europeu

Milan incisivo derruba Barcelona

Publicado: Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013, 22.55CET
AC Milan 2-0 FC Barcelona
Eliminado pelo Barcelona nos dois últimos confrontos, o Milan ganhou vantagem graças aos golos de Kevin-Price Boateng e Sulley Muntari.

O conteúdo é transmitido de forma a que seja protegido e apenas disponível no formato flash. O seu aparelho não parece ser compatível com o leitor vídeo de flash.

Estatísticas dos jogos

MilanBarcelona

Golos marcados2
 
0
à baliza6
 
2
para fora2
 
4
Cantos3
 
4
Foras-de-jogo4
 
2
Faltas cometidas15
 
12
Cartões amarelos2
 
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)34
 
66

Classificação

 
Publicado: Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013, 22.55CET

Milan incisivo derruba Barcelona

AC Milan 2-0 FC Barcelona
Eliminado pelo Barcelona nos dois últimos confrontos, o Milan ganhou vantagem graças aos golos de Kevin-Price Boateng e Sulley Muntari.

Uma esplêndida exibição defensiva, à qual se juntaram golos de Kevin-Prince Boateng e Sulley Muntari apontados na segunda parte, ajudaram o AC Milan a vencer o FC Barcelona, por 2-0, na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

Numa primeira parte atípica para o Barcelona, o Milan concedeu a posse de bola aos visitantes e, jogando no erro do adversário mediante uma defesa muito agressiva e a jogar no limite da falta, conseguiu anular as investidas de Lionel Messi e companhia. E tão bem o fez que foi preciso esperar até aos 20 minutos para ver um remate dos catalães. Foi de Xavi Hernández e… de fora da área.

O Milan defendia com nove homens mas foi quem mais perto esteve do golo, muito por culpa das boas combinações entre Boateng e Stephan El Shaarawy, a primeira das quais (15) só não deu em golo porque o goleador milanês adiantou a bola e permitiu o corte a Carles Puyol. Na sequência do pontapé de canto, foi a vez de El Shaarawy servir Boateng na área para um remate cruzado que falhou a baliza por centímetros. Num minuto, o Milan descobriu a fórmula para bater o Barcelona: rapidez e esperteza. Faltou a pontaria.

Com os catalães a tentarem empurrar os milaneses para a sua área, ora através das incursões de Messi ora através dos cruzamentos de Jordi Alba e de Daniel Alves, foi num outro contra-ataque dos locais que o golo esteve iminente, com Boateng a assistir El Shaarawy na área mas com este a chegar atrasado para a emenda.

Após o intervalo, mais do mesmo, com os milaneses a jogar no erro do Barcelona e a adiantar-se no marcador num lance de felicidade, aos 57 minutos: o remate de Massimo Ambrosini , após livre batido por Kévin Constant  desviou em Cristián Zapata e sobrou para Boateng, da entrada da área, bater Víctor Valdés.  

O Barcelona reagiu, procurou ser mais veloz nas acções e ousado no remate e AndréIniesta (76) e Xavi (80), este de bola parada, fizeram soar as campainhas em Milão. Contudo, novamente em contra-ataque, os locais aumentaram a vantagem (81), numa jogada que passou do recém-entrado M'Baye Niang para El Shaarawy cuja visão fez a bola chegar a Muntari para um remate cruzado a fazer o 2-0.

De uma muralha defensiva criada em torno de Christian Abbiati, o Milan fez nascer um resultado que coloca o Barcelona em muito maus lençóis pois só pode esperar um adversário a jogar da mesma forma em Camp Nou na partida da segunda mão. A prova de que a noite do Barça esteve longe, muito longe, do que lhe é hábito ver fazer, foi verificar que Abbiati não fez nenhuma defesa ao longo da partida, enquanto Valdés teve que usar dos seus melhores recursos e mesmo assim não chegou.

Sem vencer o Barcelona desde Outubro de 2004, o Milan e Ambrosini (único sobrevivente desse triunfo) puderam assim voltar a festejar, enquanto para os "blaugrana" vão dois jogos seguidos sem vencer nem marcar na UEFA Champions League, depois do empate caseiro (0-0) com o SL Benfica, no derradeiro jogo da fase de grupos.

Última actualização: 22-02-13 19.18CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000348/match=2009590/postmatch/report/index.html#milan+derruba+barca

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.