O "site" oficial do futebol europeu

Juventus apura-se à frente do Shakhtar

Publicado: Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012, 23.01CET
FC Shakhtar Donetsk 0-1 Juventus
Um autogolo de Olexandr Kucher, aos 56 minutos, permitiu aos visitantes apurarem-se como vencedores do Grupo E à frente dos ucranianos.
por Richard van Poortvliet
de Donbass Arena

O conteúdo é transmitido de forma a que seja protegido e apenas disponível no formato flash. O seu aparelho não parece ser compatível com o leitor vídeo de flash.

Estatísticas dos jogos

Shakhtar DonetskJuventus

Golos marcados0
1
à baliza6
 
4
para fora4
 
11
Cantos7
 
2
Foras-de-jogo1
 
2
Faltas cometidas15
 
12
Cartões amarelos4
 
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)51
 
49

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 22:14 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012, 23.01CET

Juventus apura-se à frente do Shakhtar

FC Shakhtar Donetsk 0-1 Juventus
Um autogolo de Olexandr Kucher, aos 56 minutos, permitiu aos visitantes apurarem-se como vencedores do Grupo E à frente dos ucranianos.

A Juventus ultrapassou o FC Shakhtar Donetsk no topo do Grupo F da UEFA Champions League graças a uma vitória pela margem mínima na Ucrânia.

Embora um empate chegasse para que os campeões italianos seguissem para os oitavos-de-final ao lado do seu adversário desta noite, a Juve apostou no ataque e dominou o primeiro tempo. A turma italiana continuou a criar oportunidades para marcar após o intervalo e o merecido golo acabou por surgir à passagem do minuto 56, quando o defesa do Shakhtar Olexandr Kucher, pressionado por Sebastian Giovinco, desviou para o fundo da sua própria baliza um cruzamento rasteiro de Stephan Lichtsteiner.

Os homens da casa entraram, ainda assim, melhor no encontro e foram os primeiros a criar perigo, com Willian a mostrar-se como uma ameaça constante para a defesa visitante. Porém, foi bem evidente desde o início que a turma de Donnetsk iria acusar a ausência do castigado Luiz Adriano, elemento sempre tão importante na habitualmente muito bem oleada máquina ofensiva do Shakhtar.

Com o passar dos minutos, a Juventus foi ganhando confiança e podia ter ganho vantagem à passagem da meia hora. Um passe longo que parecia fácil de resolver criou o pânico na defesa da turma orientada por Mircea Lucescu, com Taras Stepanenko a escorregar e a deixar Mirko Vučinić solto para servir Giovinco que, com muito tempo para fazer melhor, rematou ao lado da baliza à guarda de Andriy Pyatov. A Juventus mostrou-se, a partir daí, mais dominadora, mas apesar da pressão exercida e do bom futebol praticado, não voltou a incomodar Pyatov até ao final dos primeiros 45 minutos.

Lucescu lançou em campo Marko Dević e Eduardo no arranque da segunda parte e o jogo ganhou, desde logo, maior velocidade. Alex Teixeira, Henrikh Mkhitaryan e Andrea Pirlo tiveram nos pés boas oportunidades para colocar as respectivas equipas na frente do marcador, mas nenhum deles conseguiu acertar na baliza adversária.

O primeiro golo da partida acabou, enfim, por surgir pouco antes da hora de jogo, num lance em que Lichtsteiner foi lançado por Vučinić na direita; o lateral suíço cruzou rasteiro, a bola sofreu um pequeno desvio e, com Giovinco nas costas, Kucher acabou por tocar a bola para dentro da própria baliza. Foi o coroar de uma noite decepcionante para o defesa, que havia visto na primeira parte um cartão amarelo que o impedirá de dar o seu contributo ao Shakhtar na primeira mão dos oitavos-de-final.

Com o primeiro lugar no grupo a escapar-lhe por entre os dedos, os campeões ucranianos avançaram no terreno em busca do empate, que quase surgiu quando um cruzamento de Răzvan Raţ sofreu um desvio em Kwadwo Asamoah, traindo Gianluigi Buffon, mas a bola acabou por embater na trave. Foi o mais perto que a turma da casa esteve de restabelecer a igualdade. Mkhitaryan ainda tentou a sua sorte a cinco minutos do apito final, mas o seu remate saiu muito por cima e a Juventus só teve a lamentar um cartão amarelo exibido a Giorgio Chiellini perto do fim, que obrigará o defesa internacional italiano a cumprir castigo no próximo jogo da sua equipa nas provas europeias.

Última actualização: 07-12-12 1.02CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009568/postmatch/report/index.html#juventus+ultrapassa+shakhtar

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.