O "site" oficial do futebol europeu

Garay mantém sonho do Benfica vivo

Publicado: Terça-feira, 20 de Novembro de 2012, 23.04CET
SL Benfica 2-1 Celtic FC
O golo de Ezequiel Garay manteve o Benfica na luta pelo apuramento no Grupo G, após Giorgos Samaras anular o tento madrugador de Ola John.
por Hugo Pietra
de Estádio do Sport Lisboa e Benfica

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Estatísticas dos jogos

BenficaCeltic

Golos marcados2
 
1
à baliza18
 
5
para fora13
 
3
Cantos10
 
3
Foras-de-jogo0
1
Faltas cometidas9
 
16
Cartões amarelos2
 
3
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)60
 
40

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 21:26 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Terça-feira, 20 de Novembro de 2012, 23.04CET

Garay mantém sonho do Benfica vivo

SL Benfica 2-1 Celtic FC
O golo de Ezequiel Garay manteve o Benfica na luta pelo apuramento no Grupo G, após Giorgos Samaras anular o tento madrugador de Ola John.

O SL Benfica levou de vencida o Celtic FC na quinta jornada do Grupo G (2-1), acalentando esperanças na qualificação para a fase seguinte da UEFA Champions League.

A precisar de vencer, a formação comandada por Jorge Jesus começou ao ataque e Óscar Cardozo criou perigo logo no primeiro minuto, após remate de fora da área, que saiu ligeiramente por cima da baliza à guarda de Fraser Forster.

Assim, aos sete minutos, os "encarnados" abriram mesmo o activo, na sequência de uma jogada de insistência de Eduardo Salvio, no lado direito. O extremo efectuou o cruzamento, Cardozo ainda tocou na bola e Ola John, vindo de trás, rematou forte e colocado, dando vantagem aos homens da casa.

Os escoceses tentaram responder à desvantagem mas o Benfica não estava disposto em abrandar o ritmo de jogo, procurando sempre comandar as operações a meio-campo, e explorando as laterais, com Salvio e Ola John em destaque. Aos 29 minutos, Salvio voltou a dar nas vistas, desta feita com uma assistência perfeita para Cardozo. O avançado paraguaio enquadrou-se com a baliza mas o remate forte, de pé esquerdo, saiu ligeiramente ao lado.

Contudo, aos 32 minutos, na primeira oportunidade de perigo que criou, o Celtic chegou ao empate. Charlie Mulgrew bateu um pontapé-de-canto no lado direito e o grego Giorgos Samaras, livre de marcação, cabeceou ao segundo poste, para delírio dos muitos adeptos escoceses nas bancadas do Estádio da Luz.

Motivado pelo golo, Samaras voltou a tentar a sorte aos 34 minutos, com um remate à entrada da área, mas o esférico saiu ao lado. Ainda assim, o Benfica tentou responder até ao intervalo, mas não conseguiu desfazer o empate, apesar de uma ocasião flagrante de Ola John aos 44 minutos. O holandês, em boa posição, rematou forte mas Forster, com o pé, evitou o segundo golo do Benfica.

Na segunda parte, a formação "encarnada" partiu em busca do segundo golo, algo que poderia ter acontecido aos 52 minutos, por intermédio de Lima. Forster correspondeu com uma excelente defesa. O Benfica ia pressionando e Luisão esteve perto de marcar aos 58 minutos, na sequência de um canto. O central rematou em jeito mas a bola saiu ligeiramente por cima.

Aos 69 minutos Salvio teve o 2-1 nos pés mas falhou por muito pouco um cruzamento de Lima, mas aos 70 Garay não falhou, após um cruzamento largo para a área do Celtic. Luisão efectuou um primeiro cabeceamento e o central argentino, de pé direito, assinou um golo de belo efeito. Três minutos depois, Salvio disparou com intenção mas o esférico embateu com estrondo na barra, numa fase de claro ascendente do Benfica.

Aos 80 minutos Cardozo forçou Forster a uma excelente defesa, cena que se repetiu aos 89 minutos, com o jogo a terminar com a vitória para o Benfica.

Última actualização: 24-11-12 20.10CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009565/postmatch/report/index.html#benfica+agradecido+garay

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.