O "site" oficial do futebol europeu

Valência e Bayern selam apuramento com empate

Publicado: Terça-feira, 20 de Novembro de 2012, 23.00CET
Valencia CF 1-1 FC Bayern Munchen
Pontos partilhados no embate entre os dois primeiros do Grupo F, com Sofiane Feghouli e Thomas Müller a marcarem para as respectivas equipas.
por Graham Hunter
de Estadi de Mestalla
Valência e Bayern selam apuramento com empate
Sofiane Feghouli colocou o Valência na frente diante do Bayern ©AFP/Getty Images

Estatísticas dos jogos

ValenciaBayern

Golos marcados1
 
1
à baliza5
 
8
para fora4
 
9
Cantos2
 
12
Foras-de-jogo1
 
0
Faltas cometidas14
 
10
Cartões amarelos3
 
2
Cartões Vermelhos1
 
0
Posse de bola(%)37
 
63

Classificação

Grupo F

JPts
FC Bayern München Bayern510
Valencia CF Valencia510
FC BATE Borisov BATE56
LOSC Lille LOSC53
Última actualização: 19/06/2013 22:14 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Terça-feira, 20 de Novembro de 2012, 23.00CET

Valência e Bayern selam apuramento com empate

Valencia CF 1-1 FC Bayern Munchen
Pontos partilhados no embate entre os dois primeiros do Grupo F, com Sofiane Feghouli e Thomas Müller a marcarem para as respectivas equipas.

Onze anos depois do famoso empate 1-1 que faz parte da história dos dois clubes, na final de 2001 da UEFA Champions League, Valencia CF e FC Bayern München repetiram o mesmo resultado, desfecho que deixa o Bayern na frente do Grupo F.

O Valência tinha visto a sua passagem para os oitavos-de-final confirmada ainda antes do pontapé-de-saída do encontro, com a notícia de que o FC BATE Borisov tinha perdido em casa ante o LOSC Lille. O Bayern necessitava de um ponto para carimbar também o seu passaporte e, ao mesmo tempo, segurar a liderança do grupo. E, embora a turma bávara se tenha visto em desvantagem no marcador devido a um golo de Sofiane Feghouli já perto do final, Thomas Müller não tardou a restabelecer a igualdade diante de uma turma espanhola que se encontrava reduzida a dez elementos desde a primeira parte, devido à expulsão de Antonio Barragán.

Talvez por ter já o apuramento garantido, o treinador Mauricio Pellegrino colocou em campo Daniel Parejo, que não era titular na competição desde o encontro da primeira jornada, na Baviera. Assim, Éver Banega actuou numa posição mais avançada no terreno, permitindo que Jonas, a principal figura do Valencia na presente edição da UEFA Champions League, fosse poupado. O Bayern deixou claro desde os instantes iniciais que queria confirmar desde já o primeiro lugar do grupo, colocando sempre pelo menos quatro homens na frente de ataque, enquanto o Valencia não se apresentou tão confortável como é hábito na circulação da bola e tardou a criar perigo. Dante podia mesmo ter inaugurado o marcador para os visitantes à passagem do minuto 18 mas, aos poucos, os homens da casa foram equilibrando a partida.

Um passe longo de Tino Costa levou a bola a chegar aos pés de Feghouli, que com um remate pronto proporcionou a Manuel Neuer uma excelente defesa. Depois, contudo, o rumo dos acontecimentos pareceu indicar o retomar da supremacia do Bayern no encontro. Barragán entrou de forma despropositada sobre David Alaba e recebeu ordem de expulsão. Passados poucos minutos, Claudio Pizarro fez Vicente Guaita brilhar a grande altura na baliza do Valência. Porém, o inesperado aconteceu e, a partir daí, o Valência pareceu sempre mais inteligente e mais rápido sobre a bola, apesar de actuar apenas com dez jogadores.

O nulo, ainda assim, iria subsitir até ao momento em que Feghouli pôs fim à ineficácia que as duas equipas vinham a evidenciar. Soldado, após excelente passe de Parejo, desperdiçou uma grande oportunidade apenas com Neuer pela frente e, na resposta, Dante voltou a não conseguir marcar, antes de Mario Mandžukić juntar o seu nome ao lote de perdulários da noite.

As grandes emoções, contudo, estavam reservadas para os últimos 13 minutos. Feghouli ganhou uma bola dividida, avançou no terreno, ultrapassou Holger Badstuber e rematou com êxito, com a bola a bater ainda no braço de Dante antes de entrar. Cinco minutos mais tarde, Müller mostrou aos colegas como se fazia. David Albelda não conseguiu aliviar da melhor forma um cruzamento vindo da direita e o internacional aproveitou para restabelecer a igualdade. Tudo empatado, num grande espectáculo de futebol.

Última actualização: 22-11-12 0.24CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009563/postmatch/report/index.html#valencia+bayern+selam+apuramento

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.