O "site" oficial do futebol europeu

Juventus a postos para jogo decisivo

Publicado: Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012, 19.39CET
A Juventus espera um estádio "ao rubro" diante de um Chelsea que quer colocar ponto final nas aspirações dos anfitriões no Grupo E, com Roberto Di Matteo a afirmar: "Devemos a nós mesmos uma boa exibição."
por Ben Gladwell
de Turim
Juventus a postos para jogo decisivo
Andrea Pirlo durante a preparação do encontro com o Chelsea ©AFP/Getty Images

Estatísticas da prova

JuventusChelsea

Golos marcados17
 
16
à baliza79
 
57
para fora72
 
32
Cantos63
 
42
Foras-de-jogo41
 
14
Faltas cometidas144
 
66
Cartões amarelos20
 
6
Cartões Vermelhos0
 
0

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
 
Publicado: Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012, 19.39CET

Juventus a postos para jogo decisivo

A Juventus espera um estádio "ao rubro" diante de um Chelsea que quer colocar ponto final nas aspirações dos anfitriões no Grupo E, com Roberto Di Matteo a afirmar: "Devemos a nós mesmos uma boa exibição."

Consciente de que uma derrota na recepção ao Chelsea FC pode significar o fim da participação da Juventus nesta edição da UEFA Champions League, Angelo Alessio, treinador-adjunto da formação de Turim, espera um estádio "ao rubro" no apoio à equipa desde o apito inicial na noite de terça-feira. Os actuais detentores do troféu garantem em definitivo o passaporte para os oitavos-de-final com uma vitória, mas um empate deixará o apuramento bastante bem encaminhado, com Roberto Di Matteo a afirmar: "Devemos a nós mesmos uma boa exibição".

Juventus
Angelo Alessio, treinador-adjunto
Sabemos que este é o jogo do tudo ou nada e queremos seguir em frente. Vamos entrar em campo com a nossa habitual determinação e vontade de ganhar. Claro que teremos de aproveitar melhor as oportunidades que criamos. Temos consciência do valor do guarda-redes que vamos ter pela frente, pelo que teremos de criar ainda mais situações de golo. Vamos defrontar os actuais campeões da Europa, que se reforçaram com três ou quatro excelentes jogadores, pelo que teremos de os respeitar. Mas, ao mesmo tempo, sabemos do que somos capazes e vamos jogar de igual para igual.

Se alcançarmos um bom resultado podemos seguir em frente mas, se não mostrarmos qualidade suficiente para vencer, então vamos jogar a Europa League, mas sabemos que já conseguimos alcançar algo e temos confiança no apoio dos nossos adeptos. Antonio [Conte] disse-me que quer o estádio ao rubro. [Roberto Di Matteo] fez algo de extraordinário na última época e está a voltar a mostrar o seu valor esta temporada. Ficamos, naturalmente, satisfeitos quando um treinador italiano tem tanto sucesso num país como a Inglaterra. Não estamos à espera que o Chelsea venha jogar deliberadamente ao ataque, mas eles não são equipa para se remeter à defesa e apostar apenas no contra-ataque. Conta com grandes atacantes e não os vejo a jogar de outra maneira.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: Juventus 0-0 S.S. Lazio
Buffon; Cáceres, Bonucci, Chiellini; Isla (Pepe 70), Vidal, Pogba (Bendtner 84), Marchisio, Asamoah; Giovinco, Quagliarella (Matri 67).

• A Juventus somou o seu segundo jogo consecutivo sem ganhar em casa na Serie A. Antes, tinha vencido os cinco encontros disputados no seu terreno, sequência triunfal que foi interrompida com a derrota por 3-1 na recepção ao FC Internazionale Milano, a 3 de Novembro.

Notícias da equipa
Mirko Vučinić falhou o encontro do fim-de-semana devido a uma gripe e Alessio adiantou: "Ele ainda está algo fraco. Esperamos que possa treinar-se esta tarde e logo veremos se estará apto para jogar". Simone Pepe efectuou frente à Lázio o seu primeiro jogo da temporada, depois de recuperar de uma lesão numa coxa sofrida durante o Verão.

Chelsea
Roberto Di Matteo, treinador
De momento estamos com pensamentos positivos e ainda temos na memória o excelente jogo que fizemos em casa diante da Juve. Este vai, certamente, ser um encontro muito complicado. Eles estão sob pressão, porque precisam de ganhar e isso vai tornar a partida ainda mais interessante. Vai ser um jogo bastante aberto. A Juve vai jogar em casa e talvez isso lhe confira alguma vantagem, mas por vezes jogar em casa pode ser um factor de inibição. Penso que temos de procurar criar-lhes problemas sempre que possível. Assisti a alguns dos mais recentes jogos da Juve, incluindo o último, frente à Lázio, e eles encostaram por completo os adversários à sua área. Claro que nós também vamos ter de defender, mas não nos poderemos limitar a isso.

Devemos a nós mesmos uma boa exibição. Se o fizermos, tudo pode acontecer. Já provámos no passado que podemos contar com estes jogadores nos momentos decisivos. É importante comunicarmos uns com os outros e que os jogadores se vão encorajando ao longo do encontro.

Resultado do fim-de-semana
Sábado:  West Bromwich Albion FC 2-1 Chelsea (Long 10, Odemwingie 50; Hazard 39)
Čech; Azpilicueta, Cahill, David Luiz, Bertrand; Mikel (Ramires 81), Romeu (Oscar 63); Hazard, Sturridge, Moses; Torres (Mata 63).

• A turma londrina não termina um encontro sem sofrer golos desde a segunda jornada da Liga inglesa, numa sequência que já dura há nove jogos, no conjunto de todas as competições.

Notícias das equipas
John Terry está de fora durante três semanas, devido a um estiramento nos ligamentos do joelho direito. Frank Lampard também não está disponível, a contas com uma lesão nos gémeos, mas Ashley Cole (coxa) está de regresso aos relvados e poderá jogar em Turim.  

Estatística
• O Chelsea somou apenas uma vitória em oito visitas a Itália, quando venceu a Lázio em Roma por 4-0 na fase de grupos da edição de 2003/04 da UEFA Champions League, num encontro em que Lampard apontou o derradeiro golo. As restantes sete deslocações da turma londrina em solo italiano resultaram em três empates e quatro derrotas.

Última actualização: 20-11-12 14.17CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009561/prematch/preview/index.html#juve+postos+para+decisoes

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.