O "site" oficial do futebol europeu

Blokhin exige responsabilidade ao Dínamo

Publicado: Terça-feira, 20 de Novembro de 2012, 19.15CET
O PSG pode parecer uma família feliz, mas Oleh Blokhin assumiu-se "envergonhado" com o rendimento do Dínamo Kiev no fim-de-semana e admite agitar um pouco as coisas.
por Bogdan Buga
de Kiev
Blokhin exige responsabilidade ao Dínamo
Oleh Blokhin fala à imprensa antes da visita do PSG a Kiev ©AFP/Getty Images

Estatísticas da prova

Dynamo KyivParis

Golos marcados6
 
20
à baliza35
 
76
para fora23
 
48
Cantos23
 
45
Foras-de-jogo15
 
44
Faltas cometidas84
 
132
Cartões amarelos13
 
22
Cartões Vermelhos0
1

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
 
Publicado: Terça-feira, 20 de Novembro de 2012, 19.15CET

Blokhin exige responsabilidade ao Dínamo

O PSG pode parecer uma família feliz, mas Oleh Blokhin assumiu-se "envergonhado" com o rendimento do Dínamo Kiev no fim-de-semana e admite agitar um pouco as coisas.

Pouco impressionado com a forma recente da sua equipa, o treinador do FC Dynamo Kyiv, Oleh Blokhin, prometeu melhorias quarta-feira, quando os seus homens tentarem manter as esperanças de qualificação vivas no Grupo A da UEFA Champions League. O visitante da capital ucraniana é o Paris Saint-Germain FC, com o treinador Carlo Ancelotti particularmente optimista, quando a sua equipa procura o empate que necessita para se apurar para os oitavos-de-final.

Precisamos de terminar a primeira parte da época com dignidade, para que se veja um Dínamo verdadeiramente motivado
Oleh Blokhin
Todos os jogadores sabem o que têm a fazer no próximo jogo e verão que tudo está bem na nossa família
Carlo Ancelotti

Dínamo
Oleh Blokhin, treinador
Temos uma hipótese muito reduzida de apuramento, pelo que o nosso objectivo é vencer. Sim, temos actualmente bastantes problemas; voltámos a perder para a Liga [ucraniana, 1-0 frente ao Metalurh Donetsk] e, em determinadas alturas, fiquei mesmo envergonhado com a minha equipa. Foi difícil para mim analisar o jogo, uma vez que estava a vê-lo pela televisão, mas, aos 20 minutos, já queria ter substituído meia-equipa. Eles pareciam-me com pouca vontade e desconcentrados. Não aguentarei isso mais tempo.

Compreendo que os nossos adeptos estejam descontentes, mas também nós estamos decepcionados. O treinador é o responsável pelos resultados, mas os jogadores têm que saber que são responsáveis pelos respectivos desempenhos no relvado. Após este jogo, terei uma longa conversa com o presidente do clube e prometo que haverão grandes alterações durante a pausa de inverno. Precisamos de terminar a primeira parte da época com dignidade, para que se veja um Dínamo verdadeiramente motivado.

Jogaremos para ganhar frente ao PSG, mas o mais importante é mostrar o mesmo tipo de desejo e motivação que mostrámos frente ao FC Porto [na quarta jornada]. Sei que o PSG também tem alguns problemas, mas ainda são uma grande equipa, que fez várias grandes transferências antes do início da época. E, sim, têm Zlatan Ibrahimović, que pode decidir um jogo sozinho. Contudo, até ele precisa de apoio e, caso o trabalho em equipa for mau, então será difícil para qualquer jogador mostrar o seu melhor.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: FC Metalurh Donetsk 1-0 Dínamo (Dimitrov 71)
Shovkovskiy; Danilo Silva, Khacheridi, Betão, Taiwo; Yarmolenko, Vukojević (Garmash 80), Haruna, Miguel Veloso, Gusev (Dudu 76); Marco Rúben (Khlyobas 68).

• Com o treinador Blokhin a permanecer em casa, o Dínamo sofreu a sua quinta derrota na presente edição da Premier-Liha. Somente uma vez perderam tantos encontros numa época interna desde a independência do país, ao registarem cinco derrotas em toda a temporada de 2010/11.

Notícias da equipa
Blokhin disse: "Raffael, Niko Kranjčar e Taras Mikhalik irão falhar o jogo. Talvez traremos alguns jovens para os render".

PSG
Carlo Ancelotti, treinador
No futebol, como na vida, tudo pode acontecer, incluindo derrotas inesperadas. É claro que, depois do nosso último jogo para o campeonato, ficámos mesmo bastante tristes. Contudo, depois tivemos uma boa conversa e chegámos a conclusões satisfatórias, pelo que estamos ansiosos por provar que se tratou apenas de um falha pontual. Vê-se que estamos em grande forma. O jogo frente ao Dínamo Kiev é, não apenas uma oportunidade para nos apurámos para os oitavos-de-final, mas, também, para nos animar após o recente desaire para o campeonato.

Quando perdemos, não dou uma descompostura no balneário. Nesses casos, falo pouco, mas tento olhar os meus jogadores nos olhos. Isto fá-los compreender os seus erros melhor do que gritando. Contudo, nesta fase, já todas as emoções negativas se foram e temos um ambiente fantástico na equipa. Sentimo-nos como uma família. Todos os jogadores sabem o que têm a fazer no próximo jogo e verão que tudo está bem na nossa família.

Sabemos que não perder em Kiev bastará para o apuramento, mas não viemos até cá para jogar para o empate. A minha função enquanto treinador é de motivar a equipa. Acredito nos meus jogadores e eles em mim.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: PSG 1-2 Stade Rennais FC (Nenê 21; Alessandrini 13, Feret 34)
Sirigu; Camara (Gameiro 63), Alex, Thiago Silva, Maxwell; Matuidi,
Chantôme (Rabiot 46), Nenê, Pastore; Lavezzi, Ménez (Hoarau 39).

• O PSG perdeu no sábado, apesar de os visitantes terem jogado os derradeiros 38 minutos com apenas nove elementos, após Jean Makoun ter seguido as pisadas de Benoît Costil (este aos 26 minutos) mais cedo rumo aos balneários.

Notícias da equipa
Jérémy Ménez não fez a viagem até à Ucrânia devido a uma lesão numa coxa, contraída frente ao Rennes, enquanto Kevin Gameiro também falhará a partida devido a problemas nas costas. Christophe Jallet (coxa) está indisponível, enquanto Mathieu Bodmer se encontra em dúvida.

Facto de jogo
As duas equipas encontraram-se pela última vez na Ucrânia, na segunda mão dos quartos-de-final da Taça UEFA disputada a 16 de Abril de 2009, quando o Dínamo venceu por 3-0, com Ognjen Vukojević a apontar o terceiro tento da noite.

Última actualização: 21-11-12 11.00CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009553/prematch/preview/index.html#o+discurso+agressivo+blokhin

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.